Motocross ajustará custos para retomar provas; corrida em abril valerá ainda por 2018

IDEIA É evitar perda de parceiros; campeões serão definidos com soma de pontos das 2 provas do ano passado e os da próxima corrida

Motocross voltará ao ritmo de competições em abril ou maio (Foto: Radical X)
A PRIMEIRA prova de motocross neste ano ainda valerá pela temporada 2018. Será ao final de abril ou início de maio, ainda em local a ser definido – o mais provável fora de Montes Claros. Serão premiados os vencedores de cada categoria e, ainda, os pilotos com a maior soma de pontos considerando esta corrida e as duas provas realizadas no ano passado.

EM INFORMAÇÃO apurada pela VENETA, esta foi a solução encontrada pela Associação Norte-Mineira de Motociclismo (ANM) para compensar a restrição de eventos do ano passado e definir os últimos campeões regionais.

COMO AS prefeituras são as principais apoiadoras das provas e houve severa restrição orçamentária dos municípios, o calendário 2018 ficou curto.

“A PROJEÇÃO era de pelo menos cinco corridas em 2018, mas houve corte de gastos por parte das prefeituras e paramos em apenas duas”, explica o presidente da ANM, Tico Cordeiro.

COMO FOI

AINDA SEGUNDO ele, “o cancelamento das últimas três provas no ano passado “foi absolutamente compreensível diante do quadro financeiro das cidades que nos apoiaria, mas como há sinais de recuperação e o interesse em sediar os eventos de Motocross, estamos otimistas para que 2019 tenha pelo menos cinco provas na temporada”, finalizou.
PARA NÃO esbarrar nas dificuldades recentes, a competição terá um novo formato, com redução de algumas categorias e outros ajustes no custo do projeto.

Nenhum comentário