Copa Minas Brasil Infanto-Juvenil faz abertura da 21ª edição nesta sexta-feira

DISPUTA ENVOLVE 22 clubes em seis chaves; entre os maiores ganhadores, Ateneu retorna à disputa


Industrial está na Chave D ao lado do Ateneu, Diamante e União e joga já no sábado
A COPA Drogaria Minas Brasil de Futebol Infanto-Juvenil chega à 21ª edição em 2017. Com 22 equipes divididas em seis chaves, a primeira fase será aberta neste sábado, com quatro jogos, mas no dia anterior, às 19 horas, no Ginásio da Praça de Esportes, acontece a solenidade de lançamento, com o desfile das equipes, juramento dos atletas e homenagens.

A ABERTURA aconteceria no último dia 8, mas foi adiada em respeito ao luto pelo falecimento da senhora Mercês Paixão Guedes, esposa e mãe dos proprietários do Grupo Minas Brasil.

NA PRIMEIRA fase, os times jogarão dentro dos grupos, em apenas um turno, com a classificação dos dois melhores de cada chave para a 2ª fase. Esses doze times serão divididos em 3 grupos com quatro integrantes cada. Ao final de mais um turno, os dois primeiros colocados de cada e os dois melhores terceiros colocados pelo índice técnico vão para a 3ª fase.

A SEQUÊNCIA terá oito times separados em dois grupos. Ao final dos jogos, apenas de ida, os dois líderes de cada chave vão para as semifinais – em jogo único. Os vencedores fazem a final.

GRUPOS

NA CHAVE A estão Cassimiro de Abreu, Projeto Penarol, Projeto Cidadão do Amanhã e Projeto Independência; Chave B: Funorte, União Eldorado, Internacional e Escola de Esportes Bela Vista; Chave C: Unimontes, Ypê, Unidos do Minas Gerais e Nova FC; Chave D: Ateneu, Industrial, Diamante e União; Chave E: Magalhães, Gol de Ouro e Nasa; e Chave F: Vila Luiza, Vila Nova e San Remo.

OS QUATRO primeiros jogos da abertura serão em rodada dupla: CT do Funorte – 08h30 - Funorte x Bela Vista e 10h30 - Vila Luiza x Villa Nova; Estádio João Rebello – 08h30 -Ateneu x União e 10h30 - Industrial x Diamante. O restante das partidas será no domingo, pela manhã e à tarde, na quarta e na quinta-feira.

O RADIALISTA Diu Andrade, idealizador da Copa, segue como coordenador geral, que tem Ivann Siqueira como supervisor técnico e Zé Vicente Magalhães na coordenação de arbitragem. A Prefeitura Secretaria de Esportes é parceira na logística e cessão de estádios.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: