Cidade resgata competição de kart: quatro etapas

CIRCUITO 2017 terá quatro etapas em áreas de bairros; proposta é viabilizar o projeto do kartódromo próprio

Pilotos posam para a foto oficial do lançamento do Circuito de Kart; patrocinadores assumiram custos (foto: VENETA)
UM DOS chamados esportes radicais que marcaram época na cidade, especialmente nos anos 80, o kart retorna ao cenário de competições regulares em Montes Claros. O Circuito 2017 foi lançado oficialmente na noite dessa terça-feira, em evento na Secretaria Municipal de Esporte. A projeção é de quatro provas entre setembro e dezembro, com a participação de 20 a 25 pilotos da cidade e região, com alguns convidados de centros como Belo Horizonte.

INICIALMENTE, SERÃO realizadas as etapas nos bairros Morada do Sol (setembro), Jardim Olímpia – região do Novo Delfino (outubro), Todos os Santos II/Barcelona Park (novembro) e Maracanã (dezembro) – áreas de loteamentos recém implantados ou de avenidas com o piso asfáltico novo. Os organizadores são do clube Amigos do Kart, que idealizam ainda uma prova festiva também em dezembro, na Praça dos Jatobás, “para o encerramento desta primeira temporada, entrega da premiação e homenagens aos pioneiros do esporte” – explica Kau Rocha, que faz as vezes de diretor do clube.

ATUALMENTE, A cidade conta com cerca de 50 praticantes, que treinam a cada 15 dias num kartódromo privado, às margens da BR-365, na saída para Pirapora. “É algo isolado. A ideia do circuito é justamente divulgar o kart muito além do hobby”, relata Fabrício Neves, que pratica kart desde março último.

EMPRESARIADO

A MOBILIZAÇÃO para o Circuito envolve pelo menos 10 empresas, que assumiram os custos com a organização, especialmente com os critérios de segurança, premiações e intervenções junto ao público.

Treze pilotos fizeram a apresentação do Circuito de Kart
“DIANTE DE um cenário de restrições financeiras, a criatividade é algo indispensável. Apostamos num projeto sustentável, onde o município atua como parceiro logístico e o empresariado – aliado aos pilotos – com interesse no segmento cria possibilidade de divulgar a sua marca, produtos e serviços”, pontuou o secretário de esportes, Igor Dias.

PAULO CÉSAR Santiago Filho chega ao circuito com um dos mais experientes kartistas. Já disputou provas no Rio de Janeiro e, recentemente, compete no Mineiro de Marcas. Neste ano, esteve em quatro etapas e cita Curvelo como modelo de gestão para os montes-clarenses buscarem algo mais a partir deste circuito.

“COM 80 mil habitantes, Curvelo comprou a ideia de criar o seu autódromo, que hoje recebe competições oficiais nacionais e internacionais. Os investimentos foram da ordem de R$ 8 milhões. Montes Claros é uma cidade com uma estrutura inquestionável para seguir o mesmo caminho. Pensamos até em menor proporção, com a ideia de criar um kartódromo aqui”, revelou.

O CIRCUITO será disputado em duas categorias, de acordo com o modelo do kart: motores de dois tempos (125 cilindradas) e motores de quatro tempos (400 cilindradas). As inscrições começam no dia 11. É preciso ter acima de 18 anos e kart próprio.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: