Maratona "24 Horas" projeta 300 atletas para a 12ª edição, em junho

JOGO DE um dia inteiro será em 9 de junho, como o evento mais tradicional do gênero no interior de Minas


UM DIA inteiro na quadra, com mais de 150 jogadores em cada time e a manutenção de um recorde do mais tradicional evento do gênero em Minas Gerais. A Maratona “24 Horas de Basquete” será editada pela 12ª vez em Montes Claros, com um jogo que começará no dia 9 de junho (sexta-feira), às 13 horas, e terminará um dia depois. A coordenação é do curso de Educação Física/Bacharelado da Funorte, local do evento (campus do Bairro Universitário).

OS TIMES estão definidos: azul e amarelo. O valor da camisa é de R$ 22,00 e qualquer pessoa pode participar, dentro do limite de 300 inscrições. “Haverá o revezamento permanente dos atletas para que o jogo nunca pare. Assim, em alguns momentos teremos atletas de diferentes idades ao mesmo tempo em quadra”, explica Rogério Sant’Anna, que é o principal técnico dos projetos de basquete na cidade e professor e coordenador do evento.

E ACRESCENTA: “mas, por questão de segurança, sempre adequamos a entrada das faixas etárias para manter a competitividade. Mesmo sendo uma promoção festiva, as regras de jogo serão respeitadas ao longo das 24 horas”.

SEGUNDO ROGÉRIO, manter a partida durante a madrugada não será problema, já que algumas pessoas já manifestaram interesse em jogar justamente na virada da sexta para o sábado. “É algo diferente”. Criada a partir de um projeto acadêmico, já na primeira edição a Maratona “24 Horas de Basquete” teve projeção nacional, com direito a reportagem especial no dominical Esporte Espetacular, da Rede Globo.

EM CONVERSA com a VENETA, Rogério fez uma confidência e adiantou ao Blog que esta será a última edição da Maratona sob sua coordenação. A partir de julho, assumirá um projeto a médio e longo junto ao Celtics, equipe de basquete de Juiz de Fora, envolvendo desde equipes de base até o adulto. Segundo ele, somente na base, o Celtics hoje conta com 300 jovens até 17 anos, de ambos os sexos.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: