Futsal Masculino retorna ao Mineiro Adulto após oito anos

TIME TERÁ base local e regional e abre disputa em julho, contra representantes de Uberlândia e Pirapora



APÓS UM jejum de oito anos, o Montes Claros Tênis Clube confirma o retorno do time adulto masculino às competições federadas. O comando será do técnico Geraldo Magela Durães, o Gezinho, que esteve à frente do projeto mais bem sucedido do clube (MCTC/Autonorte), ao final dos anos 90, com a conquista do título do interior mineiro. As informações são do programa Momento Esportivo (VinTV), nessa quinta-feira.

A TABELA da 1ª fase do Campeonato Mineiro Masculino do Interior já está definida, com grupos regionalizados. O MCTC está na Chave “C”, com sede no Ginásio João Caires, em Pirapora, com times do Norte de Minas e do Triângulo Mineiro. A estreia está marcada para 14 de julho (sexta-feira), contra o anfitrião Taguatinga/Strix Sports Clube, às 20 horas. No dia seguinte, jogará contra o tradicional Praia Clube, de Uberlândia, às 15 horas. Strix e Praia completam a tabela no domingo, às 10 horas.

A PRIMEIRA fase tem ainda mais três grupos: “A” – Tupi (Juiz de Fora), Muriaé e Clarear (Santos Dumont); “B” – Itabira, Três Corações e Amigos/Teófilo Otoni e “D” – Comercinho, Cachoeira do Pajeú e Padre Paraíso. Os dois primeiros colocados de cada chave classificam-se para as semifinais do Interior, onde formarão mais dois grupos com quatro integrantes cada. Os finalistas classificam para a final geral do Estado, contra os melhores times da região metropolitana.

FALA TREINADOR

GEZINHO DURÃES conversou com a VENETA nesta tarde e adiantou que, neste primeiro momento, a proposta apresentada pelo presidente do MCTC, Ezequiel Freitas, é de resgate do futsal adulto, até mesmo pelo sucesso alcançado pelo time feminino, com títulos nacionais, nos Jogos do Interior de Minas (JIMI) e do Estadual. Nesta temporada de retorno, segundo o treinador, a montagem do time será com uma base local – reforçada por jogadores de cidades do Norte de Minas com tradição no futsal (Francisco Sá e Salinas, por exemplo) e do Vale do Mucuri (Teófilo Otoni). Já o dirigente do MCTC cogitou a possibilidade de buscar até jogador do Pará.

“JÁ HÁ uma base definida com 12 atletas, mas continuaremos a observar outras possibilidades de agregar valores ao projeto”, acrescenta Gezinho, que vem acompanhando de perto os jogos da recém criada Liga de Futsal de Montes Claros (Copa Geraldo Brant), aberta na última terça-feira, com a participação de oito equipes. Aliás, o MCTC está entre os participantes e venceu bem na estreia da noite dessa quinta-feira, contra a Tornearia Spalla. Vitória por seis a dois.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: