Recent comments

Temporada para o Montes Claros Vôlei termina oficialmente nesta sexta-feira

CLUBE AGORA faz balanço, não adianta planos nem nomes para a próxima sequência; entre 2016/2017 foram 19 vitórias e 22 derrotas


Temporada do Montes Claros encerra-se neste feriado, com a liberação de atletas e comissão técnica (fotos:Léo Pontes)
EM QUADRA, a temporada do Montes Claros Vôlei encerrou-se no último dia 25, com a derrota para o Vôlei Brasil Kirin por três sets a zero, em Campinas, com os paulistas fechando a série em 3/0 de um dos play-offs da Superliga Nacional 2016/2017. Mas, oficialmente, os trabalhos na temporada no clube terminam neste dia 21, feriado de Tiradentes, com a liberação dos jogadores e da comissão técnica diante do fim dos contratos e acertos. 

A EXPECTATIVA agora passa a ser pela reformulação do projeto. O gestor Andrey Souza falou com a VENETA nesta semana, mas não adiantou detalhes sobre o interesse do time sobre quais os atletas são prioridade para as renovações e como o MCV fará de agora em diante. Dias antes, ele havia falado sobre o interesse de alguns deles em ficar na cidade, mas sem citar nomes.

RECONHECE A concorrência do mercado, inclusive do exterior, por alguns dos destaques do time na temporada. Souza também foi perguntado pelo blog sobre qual seria o percentual de permanência do grupo e da comissão técnica para a temporada 2017/2018, mas não deu pistas sobre o assunto.

MAS, NOS bastidores, até então o time tem trabalhado em duas frentes para a manutenção do projeto, com reuniões com patrocinadores e parceiros logísticos, como a Prefeitura e clínicas médicas. Outra possibilidade está na possibilidade da vinda de jogadores de outros países, conversa que começou a ser ventilada durante o Campeonato Sul-Americano, realizado em fevereiro, em Montes Claros. O clube fez sondagem com (ou foi sondado por) pelo menos três jogadores de Bolívar e UPCN. O central Pablo Crer, que inclusive integra a Seleção Argentina, seria um dos nomes.

BALANÇO


Argentino Crer, do Bolívar, seria um dos nomes pra 2017/2018
DO INTERVALO do último jogo até aqui, o clube cumpriu uma agenda com visita às empresas patrocinadoras do time, além de campanhas sociais em praças e escolas. Na temporada entre 2016 e 2017, o Montes Claros disputou o Campeonato Mineiro, Superliga, Copa Banco do Brasil e o inédito Campeonato Sul-Americano, do qual foi anfitrião, além de quatro amistosos.

FORAM 41 jogos, com 19 vitórias e 22 derrotas. No Estadual, mesmo com a segunda melhor campanha na 1ª fase, a derrota nas semifinais para o Minas Tênis rendeu-lhe apenas a medalha de bronze. Na Superliga, o time teve um início arrasador, com o terceiro rendimento no primeiro turno, mas ao final da fase de classificação, com uma campanha ruim no returno, caiu para a 5ª posição na classificação geral. Fez o play-off contra o Campinas e foi eliminado sem vencer um jogo sequer.

NA COPA Banco do Brasil, o time foi derrotado no jogo único contra o Funvic/Taubaté e ficou nas quartas de final, enquanto no Sul-Americano, a briga parou na disputa pelo terceiro lugar contra os argentinos do UPCN San Juan, que levaram a melhor e ficaram com o bronze.

UM DOS reconhecimentos pela regularidade de alguns atletas na temporada foi o convite feito pelo técnico Renan Dal Zotto, da Seleção Brasileira, ao levantador Murilo Radke e o oposto Luan Weber para um período de treinamentos no CT de Saquarema. Os trabalhos começam neste dia 21.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.