Base começa o Mineiro com derrotas para o Galo

JUVENIL BEM que resistiu, mas acabou derrotado com gol no final; nervoso, time infantil foi goleado com facilidades


O time juvenil do Funorte resistiu ao Atlético até os 40' do segundo tempo (Foto: De Veneta)

COM O incentivo de cerca de 400 pessoas que foram às arquibancadas do Estádio José Maria Melo e, por si só, pela vontade de se projetar no futebol, claro que não faltaria motivação aos jogadores do Funorte, afinal estavam estreando contra um dos grandes clubes do Brasil. Mas com a bola rolando, em momento algum o FEC foi resistente e acabou derrotado nos jogos que abriram o Campeonato Mineiro Sub-15 e 17, em rodada dupla desse sábado, no campo do Bairro Todos os Santos.

O TIME juvenil entrou primeiro em campo e teve no goleiro João Victor o grande destaque da tarde. O arqueiro fez o que pôde; até defendeu um pênalti ao final do primeiro tempo na tentativa de o Funorte segurar o Atlético. Mas não deu. Mesmo com pelo menos cinco defesas bem difíceis ao longo do jogo, o Galo conseguiu vencer, graças a um gol aos 40' da etapa final, marcado pelo meia Gabriel, num chute de fora da área.

O FEC teve dificuldades na ligação entre o meio e o ataque. A marcação alta por parte do Atlético, com a linha de defesa um pouco distante da área fez com que o passe do Funorte não funcionasse. "Acho que o time se comportou bem para uma estreia. Para muitos, esta é a primeira experiência no Mineiro. Por muito pouco não conseguimos segurar o Atlético", resumiu o treinador Wagner Leal.

DESTAQUE POR ter sido o mais exigido em campo, o goleiro João Victor deixou o campo com um arranhão na coxa direita. Foi medicado logo após e não será problema para a sequência da competição. Para Sérgio Alves, técnico do CAM,  seu time foi superior diante de tantas chances criadas, mas reconheceu a qualidade do Funorte em resistir por tanto tempo. "Quem vier aqui, vai ter dificuldade. O Funorte tem um time bem treinado e que pode surpreender neste campeonato".

SEIS

O JOGO de fundo foi muito diferente. Os anfitriões sentiram muito. Em momento algum, o Funorte resistiu à força do time infantil do Atlético. Já aos 22' do primeiro tempo, os visitantes venciam por dois a zero. Mesmo com tamanha diferença técnica, o placar se manteve até o intervalo. Na segunda parte do jogo, o Atlético deslanchou e fez mais quatro gols, com destaque para Marco Antônio, que saiu do banco de reservas para marcar duas vezes.  O goleiro do FEC falhou em três dos lances de gols.



"O TIME é muito novo e poucos haviam disputado uma competição federada. Juntou a ansiedade por uma estreia e o nervosismo de jogar logo de cara contra um dos melhores times do Campeonato. Vamos ter muito trabalho para a sequência do Campeonato, mas acredito que há condições e material humano para reagir", resumiu o técnico Júnior Borges.

NA SEGUNDA rodada, sábado que vem, o Funorte visita o Colo Colo, time de Contagem, em mais uma rodada dupla. Na estreia, o Colo Colo venceu o Riachinho no Infantil (4x0) e perdeu no Juvenil (2x5).
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: