OAB Montes Claros realiza Torneio em homenagem a Sabará

QUINTA EDIÇÃO do Campeonato reúne seis times e recebe o nome do ex-jogador e advogado Edson França Lino; abertura será neste sábado
Sabará como atleta do time da Liga de MOC, que teve Garrincha com a camisa do Cassimiro
A ORDEM dos Advogados do Brasil – 11ª Subseção Montes Claros – realiza, a partir de domingo, a 5ª edição do Campeonato de Futebol Society, que tem como homenageado neste ano o ex-jogador e jurista Edson França Lino, o “Sabará”. A solenidade de abertura e a primeira rodada acontecem neste sábado (18), às 8h30, no espaço Clube da Bola, no Bairro Major Prates.

A EDIÇÃO 2017 reúne 66 jogadores. As inscrições foram individualizadas e os times foram definidos a partir de sorteio, em congresso técnico realizado na semana passada, na sede da OAB Eventos. Participam somente advogados e estagiários dos cursos de Direito. Há inscritos de outras subseções da OAB de cidades do Norte de Minas.

TIMES


FARLEY SOUZA é o presidente da Comissão de Esporte da OAB/Montes Claros, setor responsável pela organização do torneio. Ele explicou à VENETA que os inscritos foram divididos em seis times. Conforme o regulamento, na primeira fase, os times da Chave “A” enfrentam os da “B”. Após as três rodadas, os dois primeiros classificam-se para as semifinais. Os vencedores fazem a final, prevista para 9 de abril.


Em 2014, Sabará recebeu o troféu Bola Cheia de resgate
esportivo do então presidente do CAM, Alexandre Kalil
NA CHAVE “A” estão AGR/Ribeiro Mota, Bernardo Brant Sociedade de Advogados e Don Barbone/ASL Advogados Associados. A Chave “B” tem Solaris/TLRC Advogados Associados, Hebert Alcântara Advocacia e Santos Lopes Advocacia e Consultoria Jurídica. 

A PARTIR das 9 horas, a primeira rodada terá: Bernardo Brant Sociedade x Santos Lopes Advocacia, AGR/Ribeiro Mota x Hebert Alcântara e Solaris/TLRC Advogados x Don Barbone/ASL Advogados. Em seguida, acontecerá a festa de abertura. Haverá rodadas nos dias 25 de março e 1º de abril. As semifinais serão no dia 8 de abril. A decisão será em 22 de abril, com entrega da premiação e confraternização.

SABARÁ COMEÇOU como jogador nas categorias de base do Ateneu e seguiu para Belo Horizonte, onde defendeu o Sete de Setembro até se transferir para o Cruzeiro, em 1963. Sem a remuneração do futebol dos dias atuais, optou em voltar para Montes Claros para seguir nos estudos e voltou a vestir a camisa do Ateneu, ainda na década de 60, para rivalizar com o Cassimiro e o recém criado Ipê.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: