Apresentado à torcida, MC Vôlei confirma primeiros testes: Castro/PR é o adversário

TIME TERÁ mais três jogos na agenda prévia antes da Superliga Nacional; torcida tem o primeiro contato com o novo grupo e capitão entende que já é hora de jogar

Camisas mudam nesta temporada: azuis e brancas e verde-amarelo (Fredson Souza)
DEVIDAMENTE APRESENTADO para a torcida no evento de sábado à noite, no MC Shopping Center, o Montes Claros Vôlei já tem agendado os primeiros testes da temporada. Entre os dias 14 e 16 deste mês, o time receberá o Selmel/Caramuru/Castro, do Paraná, para uma série de três jogos-treinos no Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves.

COMO AINDA se trata da fase inicial de preparação, as comissões técnicas acertaram que os dois primeiros confrontos serão restritos e somente a partida da terça-feira, dia 16 de agosto, terá presença de público. A entrada será um quilo de alimento não perecível.

NOVIDADE NO cenário do vôlei nacional, o Castro é um dos calouros da Superliga 2016/2017. Representante da região Centro-Leste paranaense, foi o campeão da Superliga B na temporada anterior com uma campanha irrepreensível – perdeu apenas uma partida. Atualmente, o time disputa os play-offs do campeonato paranaense.

OS TESTES contra o Caramuru Vôlei/Castro não estavam relacionados na primeira agenda de jogos do MC Vôlei. Até então, o clube havia relacionado os jogos do Campeonato Mineiro (seis na primeira fase, semifinal e final), além de seis partidas em um torneio amistoso em Montes Claros contra Maringá, Juiz de Fora Vôlei e do SESC/Rio de Janeiro.

MOC x Castro/PR: somente o terceiro jogo será aberto ao público
DESSA FORMA, o time chegará a, pelo menos, 19 compromissos antes do início da Superliga Nacional, provavelmente dia 29 de outubro – data projetada pela CBV e pela Associação de Clubes. O técnico Marcelinho Ramos, que esperava por pelo menos, vinte jogos antes da estreia na principal competição para o Montes Claros, considera este quantitativo “muito bom”.

CONTATO

O MONTES Claros Vôlei foi apresentado à imprensa em oito de julho e, neste sábado, foi a vez de a torcida conhecer o novo grupo montado para a temporada 2016/2017. O anúncio dos atletas e da comissão técnica – nome por nome – foi marcado por shows musicais, distribuição de brindes e a apresentação dos novos uniformes.

A CAMISA número um será em degradê – azul claro na altura dos ombros e branco na barra; o calção também é branco. O uniforme número dois, como foi anunciado anteriormente pela Veneta, fará menção à camisa da seleção brasileira também em degradê, mas nas cores amarelo (predominante) e verde (assim como os calções).

Ponteiro Bob entende ser a hora certa para os amistosos
COM DIREITO a beijo no distintivo do clube na camisa, o técnico Marcelinho Ramos foi breve, mas ressaltou a sensação de se sentir em casa pelo terceiro ano consecutivo como comandante do Montes Claros. O levantador Murilo Radke, uma das novidades entre os reforços, pôde perceber o quando a torcida gosta de estar próxima ao time. “Acho que o calor da torcida aqui é bem diferente”, resumiu. A indicação do levantador foi do próprio treinador, que, pelo histórico da base e nas seleções de novos, o vê como o principal nome para substituir Bruninho e William no próximo ciclo olímpico.

CAPITÃO NA temporada anterior e com forte tendência de manter a braçadeira neste ano, o ponteiro Bob falou sobre o início dos trabalhos. Entre atividades de academia, exames, testes e treinos com bola, o Montes Claros já trabalha há cinco semanas. “O natural da pré-temporada é, primeiro, dar uma boa pegada na parte física, até porque a gente vem de três meses de férias, um a mais do que o normal”.

ELE ENTENDE que, na reta inicial, a tendência é de o torcedor perceber um heterogêneo. “Cada um se cuidou à sua maneira durante as férias. Agora é o processo de voltar à quadra, de propriocepção [tratamento e prevenção de lesões] e fazer a musculatura ficar forte de novo. Já são cinco semanas de trabalho e entramos na parte técnica e, por isso, acredito que em tempo de começar a jogar como nestes amistosos da semana que vem. Mesmo que ainda não seja na condição ideal, mas importante para pegar ritmo de jogo. A estreia no Campeonato Mineiro é logo ali”.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: