Apresentado, Montes Claros Vôlei projeta 14 jogos antes da Superliga

CLUBE SERÁ anfitrião de um torneio amistoso logo após o Campeonato Mineiro; Marcelinho Ramos quer dar competitividade antes da Superliga

Time se apresentou à imprensa na sexta-feira; projeção de pelo menos 14 jogos
O MONTES Claros Vôlei projeta 14 jogos antes da estreia na Superliga Nacional, principal competição para o clube na temporada 2016/2017. A agenda inclui o Campeonato Mineiro e pelo menos um torneio amistoso no Poliesportivo Tancredo Neves.

A INFORMAÇÃO foi divulgada na última sexta-feira (8/7), dia da apresentação oficial dos atletas e da comissão técnica para a imprensa, no próprio Ginásio. A base do time quinto colocado na Superliga passada foi mantida, que se juntou a nove contratações. Apenas o ponteiro Alê Monteiro ainda não havia se apresentado por motivos particulares.

NESTE ANO, o Campeonato Mineiro terá um participante a menos: o time de Três Corações foi desmontado. Havia a possibilidade de o Uberlândia entrar na disputa, mas o time do Triângulo fez a opção por competições universitárias, embora tenha vencido a Liga de Acesso e disputado a última Superliga B.

CALENDÁRIO

O MC Vôlei vai estrear no Estadual dia 3 de setembro, contra o Sada/Cruzeiro, em casa. Será anfitrião também na segunda rodada contra o Juiz de Fora Vôlei, dia 9/9. No dia 15/9, vai à Zona da Mata jogar contra o JF e, dois dias depois, visita o Sada/Cruzeiro em Contagem.

PARA FECHAR a fase classificatória, o time receberá o Minas Tênis Clube no dia 22/9. Pode ser que, como aconteceu no ano passado, a equipe de BH mande o seu jogo contra os montes-clarenses também no Poliesportivo, no dia 24/9. As semifinais serão em 30 de setembro e 4 de outubro, com o mando de quadra dos dois times de melhor campanha. A final será no dia 8 de outubro, também na casa do clube primeiro colocado geral.

O TÉCNICO Marcelinho Ramos fez coro ao discurso da diretoria. Embora tenha como filosofia pensar em um jogo a cada vez, também traça como meta levar o MC Vôlei à final do Mineiro. “O nosso trabalho será para atender as expectativas e temos um grupo absolutamente competitivo para isto”, revelou o comandante, que volta à cidade depois de quatro meses. 

“FOMOS UMAs das primeiras equipes a entrar no mercado de atletas e por isso conseguimos buscar, dentro de nossa realidade, os nomes que realmente queríamos”, completou o treinador, que havia deixado o comando do MCV em meio à 1ª fase da Superliga Nacional por causa de um pequeno Acidente Vascular Cerebral (AVC). O repouso absoluto, associado ao tratamento médico, garantiu a sua plena recuperação.

O TORNEIO Amistoso em Montes Claros viria logo a seguir, a partir de 16 de outubro, com a participação do Montes Claros, Maringá, Juiz de Fora Vôlei e do SESC/Rio de Janeiro, equipe em fase de criação pelo campeão olímpico Giovani Gávio. A ideia é fazer uma primeira fase com quatro rodadas e depois semifinais e final. 

OU SEJA, mais seis jogos para a agenda montes-clarense e, com o histórico de partidas do Mineiro, já seriam 14 compromissos em pouco mais de 50 dias. Pode ser que o time vá para algum torneio nos mesmos moldes, mas fora da cidade e, desta forma, atingiria a marca dos 20 jogos antes de estrear na Superliga, provavelmente dia 29 de outubro – data projetada pela CBV e pela Associação de Clubes. Por enquanto, este segundo torneio não está confirmado, adiantou o gestor do MC Vôlei, Andrey Souza.

MC VÔLEI 2016/2017

REFORÇOS

Levantador
Murilo Radke/Bydgoszcz-Polônia (1,98m/27 anos)

Centrais
Robinho/Voleisul (2,06 m/31 anos)
Bruno Dianini/Campinas (2,0 m/21 anos)

Ponteiros
William Reffatti/Bento Vôlei (1,93 metro/29 anos)
Alê Monteiro/Canoas (1,96 metro/24 anos)
Jonatas/Voleisul (1,92m/23 anos)

Opostos
Luan Weber/Maringá (2,02m/25 anos)
Wanderson/Canoas (2,0m/28 anos)

PERMANECEM NO CLUBE

Líberos
Guilherme Kachel (1,90 metro e 25 anos)
Gianzinho (1,70m/25 anos)

Levantadores
Índio (1,90m/25 anos)
Gabriel (1,89m/25 anos)

Centrais
Tiago Salsa (2,04m/34 anos)
Rafael Martins (2,05m/25 anos)

Ponteiro
Bob Dvoranen (2,01 metros/33 anos)

Comissão Técnica
Marcelinho Ramos (treinador)
Leandro Dutra (auxiliar técnico)
Gabriel Azzi (preparador físico)
Deividy Cedson (estatístico)

Departamento médico
Jomar Almeida (fisioterapeuta)
Rodrigo Silva (fisioterapeuta)
Michel Lopes (médico)
Renato Mourão (médico)

Direção
Andrey Souza (gestor)
Guilherme Andrade (supervisor)

Assessoria
Letícia "Lully" Mel
Deyse Martins
Fredson Souza
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: