Victória montes-clarense aposta no português Pedro Tiago Pereira

PROJETO DE base acerta intercâmbio com técnico europeu para comandar a base, mas já pensando na Terceirona (Sub-23) em 2017


O VICTÓRIA Clube de Montes Claros parece que gostou da receita do Cruzeiro e anuncia um treinador europeu para comandar os trabalhos de sua principal categoria de base. O português Pedro Tiago Pereira, da Academia Coimbra de Futebol, será o técnico do time Sub-20, que neste restante de ano disputará somente competições regionais e locais, mas já com a possibilidade de, em 2017, voltar com o Victória ao Campeonato Mineiro Júnior.

PEDRO PEREIRA chegou ontem à cidade, mas será apresentado oficialmente numa coletiva que o clube programou para a próxima quinta-feira, 26 de maio, no Montes Claros Shopping Center. A princípio, o português será responsável também na orientação dos trabalhos para as demais categorias de base do clube.

O PRESIDENTE do Victória, Reynaldo Pinto, disse à VENETA que a meta é para um trabalho em longo prazo. “Ele nos procurou com interesse em fazer um intercâmbio. Conversamos e chegamos um acordo”, disse. A permanência de Pereira no clube, segundo Reynaldo, será de quatro anos. “Temos um contrato assinado. Os europeus são muito exigentes em questões como esta”, acrescenta.

A META para 2017, segundo o presidente, está na possibilidade de o Victória se profissionalizar e disputar o Campeonato Mineiro da Terceira Divisão. “É uma competição com limite de idade definido (Sub-23) e estaria dentro da realidade do nosso clube. O Pedro será importantíssimo nesta transição dos atletas do Júnior para este projeto profissional”, acrescentou Reynaldo.

UTILIDADE PÚBLICA

HÁ DEZ dias, a Câmara Municipal aprovou o projeto de lei que concede ao Victória o título de utilidade pública local. A ausência do clube em competições da FMF em 2016 é meio que proposital. No ano passado, quando estreou no Mineiro Júnior e no Estadual Sub-15 e Sub-17, o Victória teve sérios problemas de ordem financeira no cumprimento das taxas e na logística, perdeu jogos por WxO e chegou a ser multado pelo Tribunal de Justiça Desportiva da FMF.

ESTE ANO acabou sendo “sabático” segundo o diretor de futebol Altair Leal, o Kuíca. O clube deixou de lado o ônus das disputas oficiais para priorizar os projetos de escolinhas de iniciação esportiva, captação de parceiros e intercâmbios. Até aqui, são oito patrocinadores.

NO MÊS que vem, o Victória vai a Salvador para jogos-treinos em três categorias, a partir de uma parceria com pessoas ligadas ao xará rubro-negro baiano. Seguirão viagem os times Sub-13, Sub-15 e Sub-17 para testes contra o próprio Vitória/BA (dia 11), Bahia (12) e o Salvador FC (13/6).
Compartilhar no Google Plus

Wallace Sousa

0 comentários: