Um dos mentores do Cartola FC vem a MOC e fala da ascensão do Fantasy Game

NA CIDADE para o Gecom, jornalista Rafael Sbarai revela que inscrições chegam a quase 40% acima do previsto; equipe ainda trabalha pela eficiência nas novidades de 2016


Sbarai no Gecom; jornalista está na linha de frente do Cartola FC
UM DOS mentores do Cartola FC, o jornalista Rafael Sbarai revelou que o “fantasy game” do portal globoesporte.com superou em 36% de inscritos em relação ao total previsto pela equipe de trabalho nesta nova edição 2016. A projeção era de contar com até dois milhões de times, mas já na primeira rodada do Campeonato Brasileiro, realizada no último fim de semana, o jogo virtual alcançou a marca de 2,7 milhões de usuários pelo mundo afora.

MESTRE EM Tecnologia e Jornalismo Digital, com especializações e cursos pelos principais institutos destas áreas nos quatro quantos dos EUA, Sbarai veio a Montes Claros na última terça-feira, como um dos palestrantes convidados do II Gecom – Seminário de Comunicação Organizacional e Gestão em Comunicação -, realizado pela Mosaico Comunicação.

NO CARTOLA FC, você é o técnico, algo como o comandante da Seleção Brasileira, mas com liberdade para “convocar” (comprar) apenas os jogadores que atuam nos 20 clubes da Primeira Divisão do País. Ao mesmo tempo, o “cartoleiro” virtual atua como dirigente, com a habilidade para gerir a receita na montagem de um time competitivo. A pontuação é apurada na efetividade (ou erros) dos atletas de verdade: gols, assistências, passes certos.

SOBRE

O “FANTASY Game” foi criado pelo Globoesporte.com para fãs do futebol há 11 anos e desde então manteve a mesma plataforma. Em 2016 apresenta mudanças radicais – consideradas mais interativas e que permite até pacotes de assinatura e noticiários em todos os principais programas da grade da TV Globo.

ESTA ASCENSÃO no número de “cartoleiros” de um ano para outro deixou a equipe gestora do “game” sem direito a folgas, até porque, nos primeiros dias, alguns pontos do site não funcionaram como deveria. “Na reta final, trabalhamos onze dias sem parar para colocar o Cartola no ar e, agora, até atingir os ajustes que desejamos, o ritmo continua. Claro que a gente fica tenso com tudo isto [sobre os contratempos]”, revelou Sbarai, que mora em São Paulo, mas após o Gecom deixou Montes Claros rumo ao Rio de Janeiro para mais uma reunião geral com a equipe do Cartola FC.

SEGUNDO RAFAEL, as estatísticas do Cartola FC de cada jogo do Campeonato Brasileiro são apuradas ao vivo por uma pessoa da equipe, mas a gravação da partida é revista para finalizar as estatísticas de cada jogador – antes da publicação oficial no portal.

A PARTIR deste ano, o Cartola FC conta com o modo Profissional, no qual o jogador tem a opção de pagar um valor mensal para utilizar ferramentas exclusivas. O número de assinantes e a renda mensal, segundo Sbarai, ainda não pode ser divulgado.

NUMA RÁPIDA pesquisa no sistema de buscas do Cartola, há 34 ligas com nomes associados à cidade de Montes Claros (Mocão, M. Claros, MOC, etc).

Foto: divulgação Mosaico
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: