Com duas rodadas, Funorte já é destaque no Mineiro de Base

TIME SUB-15 tem o segundo melhor ataque; equipe juvenil, que também teve problemas com o BID na estreia, ainda não venceu

FORAM APENAS duas rodadas até aqui, mas o Funorte já aparece como destaque no Campeonato Mineiro Sub-15 (Infantil). Invicto e com sete gols, o Tricolor já detém o terceiro melhor ataque entre os 17 participantes da 1ª Divisão da categoria – atrás somente de Atlético (8) e Cruzeiro (16). Na classificação da Chave A, o FEC é o vice-líder com quatro pontos, dois a menos que a Raposa.

DETERMINANTE PARA este salto na campanha foi a vitória na manhã do último domingo contra o Arsenal. O FEC recebeu o time de Santa Luzia e goleou por 5 a 1. O zagueiro Matheus Prates foi o destaque com dois gols. Lucas, Cléber Júnior e Igor Rafael completaram o placar.

NA ESTREIA, uma semana atrás, em Ribeirão Vermelho, o Funorte havia empatado nesta categoria com o CGP/Lavras em 2 a 2. Vencia por dois a zero, mas permitiu o empate depois que ficou com um jogador a menos. Em relação à primeira partida, o técnico Júnio Borges mudou o time em seis posições para enfrentar o Arsenal. 

Veja: Classificação - Sub-15

Júnior Borges é o técnico das duas categorias do Funorte no Mineiro de base
“NO PRIMEIRO jogo, a gente não tinha todos os atletas com os nomes publicados no BID”, disse. De fato, contra o CGP, apenas um jogador ficou no banco de reservas, o goleiro Lucas, que teve que entrar no decorrer da partida depois que Gabriel, titular da posição, foi expulso aos 35’ do 1º tempo após cometer um pênalti.

O FUNORTE também disputa o Mineiro Sub-17 (Juvenil), mas a campanha é diferente. Até aqui, contra os mesmos adversários do Sub-15, somou apenas um ponto. Na estreia, com os mesmos problemas para registrar todos os jogadores (havia apenas dois reservas), o FEC perdeu para o CGP por 2 a 1. No domingo, mesmo como mandante, apenas empatou com o Arsenal: 1 a 1 – graças a um gol contra.



O CLUBE está na Chave A, que tem Cruzeiro, Riachinho, CGP, Arsenal e o Frigoarnaldo. Assim como no ano passado, Borges terceirizou 
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: