Conquista em dose dupla

BASQUETE MASCULINO repete feito das meninas e também conquista o título geral do JIMI

O BASQUETE confirmou que vive um ano histórico nos Jogos de Minas. Depois do feito da equipe feminina, que foi campeã geral das finais em Itabira, o time masculino também alcançou o lugar mais alto do pódio na etapa estadual do JIMI. A equipe venceu por 62 a 57 a decisão de primeiro lugar contra Juiz de Fora, em partida disputada no Ginásio do Valério Doce.

ATÉ ENTÃO, a cidade havia sido uma vez vice-campeã do torneio de basquete com os homens (2014), além de duas medalhas de prata (2012 e 2014) e uma de bronze com as mulheres (2013).

NA PRIMEIRA fase, os montes-clarenses venceram Teófilo Otoni (76 x 36) e Passos (73 x 53), além de Joaíma, por WxO, já que a cidade do Vale do Jequitinhonha não enviou sua equipe. Nas quartas de final, mais um confronto contra Passos e nova vitória por 82 a 72. A semifinal foi na quarta-feira e o time bateu o próprio recorde de pontuação. Fez 93 a 57 sobre Governador Valadares e garantiu a vaga na decisão contra os rivais de Juiz de Fora.

JAB

O INÉDITO título dos Jogos de Minas garante ao basquete de Montes Claros as duas vagas do Estado nos Jogos Abertos Brasileiros de 2016, previstos para São Bernardo do Campo/SP. O JAB é uma espécie de olimpíada para atletas amadores.

A DUPLA comemoração para a cidade tem com personagens o técnico Rogério Santana e o auxiliar Waleson Fagundes, que foram campeões com os dois times. Antes, ambos estiveram com o time feminino que conquistou o título estadual dos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG) e dos Jogos Escolares da Juventude – edição nacional. Eles têm ainda como meta o Campeonato Mineiro para as categorias de base Sub-13 e Sub-14 masculinos e o Sub-15 feminino.

UM DIA antes as meninas foram campeãs com uma campanha invicta na disputa em hexagonal final: 78 x 14 Itabira, 64 x 62 João Monlevade, WxO Joaíma, 102 x 21 São João Del Rey e 72 x 29 Teófilo Otoni.

PRATA

POR MUITO pouco, o time de handebol feminino não garantiu mais uma taça para Montes Claros. Na final, contra Matias Barbosa, as meninas perderam por apenas um gol de diferença (31 x 30) e terminaram com a prata. O time brigava pelo novo título geral dos Jogos de Minas.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: