Basquete feminino é o melhor de Minas

APÓS TRÊS pódios, meninas vencem de forma inédita a fase final do JIMI; cidade está em mais duas finais

O BASQUETE feminino fez história e garantiu na útlima quarta-feira, o primeiro título de Montes Claros na modalidade numa fase final dos Jogos de Minas (JIMI). O torneio com sede em Itabira foi disputado com seis equipes e na última rodada, as montes-clarenses venceram a equipe de Teófilo Otoni por 72 a 29, no Ginásio do Valério Doce.

UM DETALHE importante no grupo que representa a cidade no Vale do Aço está na base que vem atuando junto desde 2012, quando foi montada no projeto “Descoberta de Talentos” para alunos de escolas públicas e conquistou pela primeira vez o Campeonato Mineiro Sub-17.

NO ANO seguinte, as meninas venceram de novo o Estadual. Como estouraram idade, subiram de categoria, mas sem perder o pique e foram campeãs mineiras mais uma vez, no Sub-19.

TRÊS MEDALHAS

NO FUTEBOL, quando algo quase acontece, usa-se o ditado “bateu na trave”. A analogia cabe ao basquete e, nos últimos três anos, a bola das meninas “bateu na tabela”. Em 2012 e 2014, Montes Claros conquistou a medalha de prata na fase geral do JIMI. Em 2013, as meninas foram bronze.

CAMPANHA

NA CAMPANHA geral, de forma invicta, foram dez pontos ganhos. O primeiro jogo foi no sábado (10/10), numa estreia desafiadora contra as anfitriãs por causa da torcida. Mesmo com a adversidade, Montes Claros se impôs e venceu com folga: 78 a 14. Na rodada seguinte, o jogo mais complicado contra as favoritas de João Monlevade, que foi à fase final do JIMI com uma base mais experiente. A vitória veio, mas bem apertada; por apenas uma cesta: 64 a 62.

A TERCEIRA partida seria contra Joaíma, mas a cidade do Vale do Jequitinhonha não enviou a sua equipe para Itabira e todos os seus resultados foram considerados como WOs para os adversários. Montes Claros garantiu os dois pontos sem entrar em quadra.

NA QUARTA rodada, a vitória mais emblemática, com o único jogo em toda a fase final do JIMI em que uma equipe atingiu a marca dos 100 pontos. Na partida contra São João Del Rey, as meninas fizeram 102 a 21. E na última rodada, ontem de manhã, fechamento com a vitória sobre Teófilo Otoni.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: