Quem sabe também a Liga Nacional

ESTRUTURADO COM a aprovação de verba para convênio, Montes Claros Handebol espera o OK da CBHb para representar o estado na principal disputa do País

NA VÉSPERA da estreia na segunda competição nacional consecutiva nesta temporada, o time de Handebol Feminino Adulto de Montes Claros vive a expectativa de ser confirmado como o representante de Minas Gerais na Liga Nacional 2015, a principal competição do País entre clubes.

PARA A diretoria montes-clarense, o presidente da Federação Mineira de Handebol (FMH), Cláudio Humberto Dias, revelou – na última semana – que fez um novo contato com a Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) para cobrar a definição sobre qual será o clube mineiro na disputa.

A DEMORA não é normal, mas a FMH está confiante para que as norte-mineiras completem a “trinca” das maiores competições do Brasil e disputem também a Liga Nacional. Elas já jogaram o Campeonato Brasileiro em Manaus (3º lugar), em maio, e estão prestes a jogar a Copa Brasil (Fortaleza/CE), a partir da próxima segunda-feira

DENTRO DA QUADRA

É CERTO que a vaga dentro de quadra na Liga foi garantida pelo Montes Claros como campeão mineiro do ano passado, mas não basta a faixa. Do lado de fora, a CBH exige que os clubes tenham uma estrutura profissional para entrar na disputa, de forma que a Liga fique tecnicamente nivelada por cima.

TREINADORA DO Montes Claros, Francis Almeida explica à VENETA que esta evolução na metodologia de trabalho exigida pela CBHb foi viabilizada nesta semana, com a aprovação na última terça-feira do repasse de R$ 100 mil do município para a Federação Mineira de Handebol (FMH), por meio de um convênio que garantirá a ajuda de custo para a manutenção do time. O valor será utilizado para a manutenção do clube, com seis parcelas mensais – iguais.

Leia também
“REALMENTE A vaga de Minas Gerais na Liga Nacional é direito do time campeão. Porém, como nunca participamos e seremos novatos, dependemos deste aval da Confederação, que só homologa a entrada de times com projetos bem estruturados”, acrescenta Francis.

ESTRANGEIRAS

INDEPENDENTE DE entrar ou não na Liga já em 2015, o convênio com a FMH garantirá ao Montes Claros Handebol dois reforços estrangeiros. A Federação possui uma parceria com a Federação Cubana de Handebol para o intercâmbio de atletas e, por causa disso, o MOC buscará uma goleira e uma armadora esquerda naquele país. As duas permaneceriam na cidade inclusive para a temporada seguinte.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: