OAB de Montes Claros é a vice-campeã geral

11ª SUBSEÇÃO da cidade foi representada por 95 atletas, com destaque para sete medalhas de ouro; proposta agora são os jogos regionais

Vôlei conquistou um os sete títulos para Montes Claros
COM UMA delegação de 95 profissionais/atletas, a 11ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil de Montes Claros conquistou o vice-campeonato na classificação geral dos Jogos dos Advogados Mineiros (JAM), competição encerrada no último domingo, em Belo Horizonte. A edição 2015 reuniu mais de 1,5 mil profissionais de 25 cidades e teve a OAB de Uberaba como campeã, com 117 pontos. Os montes-clarenses somaram 97 pontos, seguidos por Contagem, com 92.

EM 2012, a OAB de Montes Claros foi a campeã geral dos Jogos. Esta foi a 14ª vez que a Caixa de Assistência dos Advogados (CAA) realiza o JAM, em parceria com a OAB/MG.

NA ANÁLISE por cada modalidade, os resultados dos norte-mineiros foram bem expressivos. Conquistaram nada menos que sete medalhas de ouro, uma de prata e seis de bronze. Somente em cinco esportes que a OAB/Montes Claros não alcançou o lugar entre os três primeiros do pódio.

NO FEMININO, Montes Claros foi campeã no tênis de mesa, natação (1,5 mil metros, com Ana Flávia Sales) e peteca. As advogadas locais foram prata no handebol e bronze na natação (100 metros rasos, de novo com Ana Flávia Lopes), e no salto em distância (Joyce Pinheiro de Oliveira).

ENTRE OS homens, medalha de ouro para MOC no xadrez, peteca, vôlei e tênis, além do bronze no tênis de mesa, natação (1,5 mil metros rasos, com Renato Rodrigo da Silva), truco e sinuca (com Neilson Batista).

ADVOGADO E professor universitário, Wellington Félix foi campeão com a equipe de vôlei e fez parte do trio que conquistou o ouro na peteca. O segundo bom desempenho dos montes-clarenses no JAM, segundo ele, serve como incentivo para a mobilização da OAB/Montes Claros (na qual é coordenador da Escola Superior de Advocacia) para a realização de competições regionais. O objetivo, segundo ele, é aumentar a representatividade do Norte de Minas na próxima edição do JAM.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: