Cidade teve o último campeão antes da hegemonia do Sada/Cruzeiro

MARCELINHO RAMOS entende que preparação com grupo completo desde o início é diferencial

O SADA/Cruzeiro foi soberano no voleibol mineiro nas últimas quatro temporadas. Venceu todas as edições do Campeonato Estadual Adulto entre 2010 e 2014. Curiosamente, o último a bater o time azul e conquistar a taça foi justamente o Montes Claros. Em 2009, no projeto local que na época era mantido pela Funadem, os norte-mineiros foram campeões após vencer o Cruzeiro na semifinal e o Minas Tênis, de virada, na final.

ESTE HISTÓRICO de ter sido o último a superar os grandes da Capital reforça a motivação que o novo Montes Claros tem para brigar pelo título em 2015. Outro ponto positivo na avaliação do clube está no fato de ter sido o primeiro entre os cinco participantes a iniciar os trabalhos da pré-temporada – ainda em junho.

OUTRO PONTEIRO

COMO PRATICAMENTE todos os atletas se apresentaram ao mesmo tempo – apenas o ponteiro Kadu ainda não chegou e o clube vai buscar outro ponteiro exclusivamente para disputar o Mineiro –, a uniformidade no preparo físico e no entrosamento é outro trunfo que o MOC acredita ter para brigar na cabeça pelo título mineiro. Em recente conversa com a VENETA, o técnico Marcelinho Ramos destacou justamente isto.

“É UMA realidade diferente, não apenas pelo fato de ser outro grupo de jogadores, mais jovem e de mais explosão física. O elenco anterior não foi montado de uma só vez e havia diferenças no condicionamento físico. Agora, nesta temporada, minimizamos estas diferenças”, completa.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: