Definidos os campeões do I Torneio Strutural Casa Park

NOVO ESPAÇO para o tênis vai conciliar competições com escolinhas e eventos esportivos/sociais

Espaço conta com duas quadras de tênis de saibro (fotos: divulgação)
APÓS 10 dias de disputa, com o envolvimento de quase 100 atletas de Minas e São Paulo, o Tênis Casa Park encerrou sua primeira competição. As finais do I Strutural Open no novo espaço para os tenistas de Montes Claros foram realizadas no domingo, com cinco categorias. De agora em diante, a proposta é de conciliar as escolinhas de tênis - inclusive de areia - para todas as idades com competições regulares nos níveis local, regional, estadual e nacional.

ENTRE OS Iniciantes, Daniel Rabelo foi o campeão, com Pedro Teixeira em segundo lugar. Entre as duplas femininas, o título ficou com Alina Pereira e América Eleutério, que venceram Janice Gomes/Renata Andrade na final. Na Categoria Masculino "B", vitória de Leonardo Guimarães, com Fabrício Anderson como vice-campeão.

PRINCIPAIS

Vasos de vidro na premiação
NOS DOIS principais quadros, Pedro Carneiro foi o campeão na Masculino "A" até 40 anos, com João Moura em segundo lugar. E na Masculina "A" Over-41, Pedro Fleury foi o campeão, com Lucas Pinto como vice. Na premiação, vasos de vidro e um churrasco de confraternização.

A PROFESSORA Tânia Pinto Maia foi a coordenadora do Torneio e destaca a boa participação do público desde a abertura dos jogos, no dia 27 de junho. "Recebemos um público próximo a 800 pessoas e que pôde acompanhar uma série de jogos bem equilibrados", disse.

O ESPAÇO Casa Park foi criado pelos irmãos gêmeos Renato e Felipe Oliveira, que chegaram a liderar os rankings mineiro e brasileiro juvenil após uma década de carreira.


HOJE, ATUAM como instrutores e técnicos de tênis. O espaço, em frente ao Parque do Sapucaia, conta com duas quadras de saibro, uma quadra de tênis de areia, alojamento para atletas, área de bar e churrasqueira e espaço para festas.

Renato e Felipe e patrocinadores: espaço agora tem escolinhas

Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: