Village do Lago fatura os dois títulos no "Torneio do Bicho"

PROJETO VENCE  a primeira competição entre os núcleos das Escolinhas de base do Montes Claros Futebol Clube

Vítor recebe a premiação como capitão do time juvenil do Village do Lago I
O PROJETO do Village do Lago I conquistou os dois títulos do 1º Torneio de Futebol de Base das Escolinhas do Montes Claros FC. As finais foram realizadas na manhã/tarde desse domingo, no Estádio Rubens Durães Peres (Campo da Liga). A competição reuniu dezesseis equipes nas categorias Infantil e Juvenil, com jogos ao longo de três meses em oito bairros da cidade. Didi Ferreira, que foi o técnico do time profissional no Módulo II, reassume a função e esteve no campo para avaliar alguns atletas que se destacaram no Torneio e que deverão receber um trabalho diferenciado de agora em diante.

Rikelmy foi o melhor goleiro infantil
NA PRIMEIRA final contra o time do Santos Dumont, houve empate no tempo normal em 1 a 1. Nas penalidades, o goleiro Rikelmy foi o destaque com a defesa de dois pênaltis e o Village venceu por 4 a 2. Além do título, o time teve o artilheiro geral (Vítor, com 12 gols) e o goleiro menos vazado (Rikelmy, com seis gols sofridos).

NA DECISÃO juvenil, depois do primeiro tempo com o placar em branco, o Village do Lago I foi melhor na maior parte do tempo e converteu o bom futebol em gols: 3 a 1 sobre o Nova Esperança. Lucas, do time campeão, foi o goleiro menos vazado, enquanto Daniel, do semifinalista Santos Dumont, foi o artilheiro com seis gols. O meia Geovane, do Nova Esperança, recebeu o prêmio de revelação na categoria.

AVALIAÇÃO

Geovane (14) foi o destaque da categoria juvenil
PARA O coordenador geral das escolinhas de base, José Geraldo “Gera” Evangelista, o torneio superou as expectativas de todas as formas. “Não tivemos nenhum problema disciplinar e ainda quebramos um tabu: a rivalidade entre os bairros foi sadia, sem qualquer tipo de risco como algumas pessoas acreditavam”. 

SEGUNDO ELE, os planos para os próximos meses são vários, a começar pela ampliação de oito para onze o número de núcleos das escolinhas e a criação de turmas para meninas. Além disso, ainda conforme Gera, é bem provável que cada escolinha tenha uma equipe inscrita na Copa Drogaria Minas Brasil Infanto-Juvenil. “Se alguma escolinha ainda não estiver preparada pode ser que a gente junte dois núcleos para formar um time”.

Dona Rúbia e os dois filhos Hugo e Jarden
ADÃO ROCHA era só alegria. Ele é um dos coordenadores do projeto de base do Village do Lago, criado há seis anos e que somente agora, com a parceria com o Montes Claros, teve estrutura necessária para brigar por títulos. “Isso aqui deveria ser de exemplo para os nossos governantes. A gente está no meio de uma comunidade carente e para muitos meninos o futebol é a única coisa que eles têm para fazer”.

CAMPEÃ DUAS VEZES

DUPLAMENTE FELIZ já que os filhos Jarder e Hugo foram campeões, Rúbia de Jesus também atua na coordenação dos trabalhos no Village. Já foi até treinadora e reforça o que diz o “Sêo” Adão. “Infelizmente, a gente ainda convive com todos os tipos de riscos. O futebol ocupa a mente da garotada e dá oportunidade para que eles sonhem com um futuro melhor”.

Cadeira não impede Vítor de não faltar aos treinos
O JOVEM Vítor era um dos mais alegres na rodada dupla desse domingo. Devidamente uniformizado, inclusive com chuteiras e meiões, aos 13 anos, ele conta com o incentivo dos amigos para ir à beira do campo, mesmo em cima de uma cadeira de rodas. “O Vítor vai a todos os treinos e é um dos primeiros a chegar”, disse o companheiro Rikelmy. Vítor recebeu o prêmio de torcedor-símbolo e de revelação da categoria juvenil. (Fotos: Ricardo Guimarães)
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: