Seis semanas até o 1º teste

TÉCNICO DO Montes Claros Vôlei busca equilíbrio antes de qualquer amistoso; apresentação oficial será nesta noite

Ramos fala sobre equilíbrio físico, técnico e de entrosamento antes de qualquer jogo
SEIS SEMANAS. Este é o tempo que o técnico Marcelinho Ramos considera ideal para que o Montes Claros Vôlei esteja apto ao primeiro amistoso. A pré-temporada o time começou há 15 dias e somente há uma semana o grupo começou os trabalhos com bola. Na noite desta terça-feira, às 19h30, o clube promove a apresentação oficial do elenco 2015/2016, em evento para o público em geral no Ibituruna Center Shopping.

O PONTEIRO Kadu, emprestado pelo Sada/Cruzeiro, é o único que ainda não se apresentou. Ele serve a Seleção Brasileira de Novos, que já está no Canadá para a disputa dos Jogos Pan-americanos de Toronto.

EM CONVERSA com a VENETA, Marcelinho observa que as seis semanas de treinamento são suficientes para equilibrar condicionamento físico, entrosamento e parte técnica. O tempo de espera está condicionado, ainda, à disponibilidade de adversários. “Nem todos os times começaram os trabalhos antecipadamente como a gente fez. Então, vamos ter que analisar algum clube com o perfil de trabalho parecido ao nosso para acertar os primeiros amistosos”.

ANTES DA LIGA

INDEPENDENTE DO agendamento de testes após as seis primeiras semanas de treinos, o MOC tem outra meta estabelecida: a disputa de pelo menos 20 jogos antes da estreia na Superliga Nacional, ao final de outubro.

ENTRAM NESTA conta, além dos amistosos avulsos em Montes Claros e fora da cidade, um torneio amistoso em Buenos Aires (Argentina), organizado pelo UPCN (campeão daquele país), além de todos os jogos do Campeonato Mineiro, que terá cinco participantes. A estreia montes-clarense no Estadual será no dia 29 de agosto, contra o Unincor/Três Corações, no Poliesportivo Tancredo Neves. Na segunda rodada, o adversário será a Universidade Federal de Juiz de Fora, que a partir e agora é parceira do Flamengo. (Foto: Ch Jil Vann)
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: