Victória arranca empate em Araxá

TIME TEVE problemas até para ir ao estádio, mas conseguiu ponto em seu primeiro jogo no Mineiro Júnior

O Victória teve uma série de contratempos até entrar em campo em Araxá
HERÓICO. ESTE é o resumo que a comissão técnica do Victória Clube faz da estreia no Campeonato Mineiro Júnior Sub-20, sábado, com o empate em 0 a 0 com o Dínamo, em Araxá. Para voltar para casa com um ponto, o time teve que superar uma série de contratempos, desde o impasse no registro dos atletas, viagem em cima da hora, problema mecânico no ônibus e sete desfalques em relação time-base que treinou na véspera do primeiro jogo oficial do clube.

E O resultado poderia ser ainda mais surpreendente. Aos 40’ do segundo tempo, o capitão Yuri Matheus desperdiçou o pênalti. Ele escorregou no momento do chute e o goleiro Filipe, do Dínamo, defendeu a cobrança. Ainda no sábado, o outro jogo pela Chave A, Atlético e Villa Nova empataram em 5 a 5. O Galo será o próximo adversário do Victória, sábado que vem, em Bocaiuva, cidade que o clube acertou para mandar suas partidas.

HISTÓRIA

O VICTÓRIA viajaria para Araxá na manhã de sexta-feira, mas como o sistema de registros de atletas na FMF não confirmava quais atletas estavam inscritos, o clube teve que esperar até pelo fim do dia para definir a delegação. Só pôde seguir estrada às 22 horas e a noite de sono antes da partida foi na estrada.

QUASE 12 horas depois, a delegação chegou a Araxá. Como o jogo estava marcado para as três da tarde, o almoço foi mais cedo e após a refeição mais um contratempo: o ônibus apresentou uma pane na bateria e não funcionava. Foi preciso acionar um mecânico. O clube fretou cinco táxis para levar o time ao Estádio Fausto Alvim.

O EMPATE fora, diante de todas as circunstâncias, foi muito bom e mostra que o Victória tem um grupo”, resumiu o técnico Altair Leal, o Kuíca. O time empatou com Nego; Alisson, Mateus, Jeffim (Rafael) e Jamelle (Giovani); Victor, Pablo (Allef), Wesley e Yuri; Pedro (Giovane II) e Renan. Pablo e Victor foram amarelados. (Foto: Divulgação)
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: