Comércio reedita a Copa de Futsal pela sétima vez

SÃO 22 times na briga pelo título, com premiação de R$ 2,2 mil; concurso de musa tem cinco finalistas

Copa foi aberta no início da semana, com a previsão de dois jogos por dia
VINTE E dois times estão na briga pelo título da 7ª edição da Copa de Futsal dos Comerciários de Montes Claros. A competição foi aberta na noite de segunda-feira, em evento no Ginásio Darcy Ribeiro, do Montes Claros Tênis Clube (MCTC), com o desfile e o juramento dos atletas e a primeira eliminatória do concurso da Musa dos Comerciários. Cerca de 500 pessoas estiveram presentes.

UM DOS diferenciais neste início de competição está na campanha solidária que os atletas fazem. A inscrição está associada à doação de alimentos. Juntos, os times arrecadaram uma tonelada de mantimentos, que serão doados a entidades filantrópicas da cidade. As equipes têm os nomes de empresas e os próprios funcionários jogam. A cópia da carteira de trabalho comprovando o vínculo é uma das exigências na inscrição. 

CINCO JOVENS continuam na disputa para a escolha da miss da Copa, que será feita por meio de uma votação popular. A bola começou a rolar somente na noite de terça. A tabela prevê partidas somente entre segunda e sexta-feira, no Ginásio do SESC. A final está programada para o dia 1º de maio, dentro das programações oficiais pelo Dia Internacional do Trabalho.

PRÊMIO EM DINHEIRO

EMBORA TENHA duas equipes a menos em relação ao ano passado, a Copa oferece uma premiação maior: R$ 2,2 mil em dinheiro, que serão divididos entre o campeão (R$ 800), o vice (R$ 500) e o terceiro colocado (R$ 300), além do artilheiro (R$ 300) e do goleiro menos vazado (R$ 300).

A COMPETIÇÃO do ano passado foi conquistada pela loja matriz dos Supermercados BH.

A COPA é uma realização do Sindicato dos Empregados no Comércio de Montes Claros e região, com o apoio do Sindcomércio Varejista e do Serviço Social do Comércio (SESC). Os dirigentes das instituições acompanharam a solenidade de abertura: Osanan Gonçalves (SindComerciários), Fernando Queiroz (Sindcomércio) e Simone Magalhães Mota (gerente regional Sesc) e Ruth Proença (gerente SESC/Montes Claros).
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: