Campanha pelo Montes Claros Vôlei coloca Pedrão na Seleção Brasileira de Novos

PRIORIDADE ENTRE as renovações para a diretoria do Montes Claros Vôlei na montagem do novo elenco para a temporada 2015/2016, o central Pedrão foi convocado pela CBV para a Seleção Brasileira de Novos (Sub-23), nessa segunda-feira, um dia após o término da Superliga Nacional. Desde anteontem, o jogador está no Rio de Janeiro para o início dos trabalhos, que será conjunto com atletas da seleção principal.

ESSE É o segundo atleta ligado a um time da cidade que chega à seleção. Em 2010, o oposto Lorena, do extinto Montes Claros/Funadem, foi pré-convocado pelo técnico Bernardinho para a seleção principal que disputaria a Liga Mundial. Naquele ano, ele bateu o recorde como o maior pontuador numa edição de Superliga. No entanto, para a convocação final, o ídolo da torcida norte-mineira foi “cortado”.

AOS 21 anos, Pedro Luiz, o Pedrão, pertence ao Sada/Cruzeiro e foi emprestado ao Montes Claros para a disputa da Superliga Nacional. Foi reserva na primeira metade da competição, mas no restante dos jogos, de contrato renovado e ainda cedido ao Norte de Minas, ganhou a titularidade principalmente pela eficiência de bloqueio e ataque.

RETORNO

NA PRIMEIRA semana após a participação dos norte-mineiros na disputa, Pedrão já foi requisitado pelo Sada para que retornasse a Belo Horizonte. Ao final do segundo jogo contra os cruzeirenses, que marcou a eliminação do MOC Vôlei, o treinador azul Marcelo Mendez havia adiantado à VENETA que solicitaria o retorno do central. No entanto, a diretoria do Montes Claros acredita que, pelo bom relacionamento entre os clubes, poderá renovar a permanência dele para o ano que vem.

COM A camisa do MOC Vôlei, Pedro ficou entre os 30 maiores pontuadores, com 192 pontos. Como A VENETA adiantou, antes mesmo de a Superliga terminar, ele já estava pré-relacionado para a seleção brasileira de novos, que é comandada por Rubinho, auxiliar técnico de Bernardinho na seleção principal.

A CBV já adiantou que o grupo da seleção, com mais de 30 atletas, é um só, mas será dividido para as disputas da Liga Mundial e o Pan-americano de Montreal, do Canadá. O mais provável é que os mais novos joguem na disputa canadense.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: