Título internacional e ponta do ranking

NATAN FONSECA vence a Copa de Mountain Bike em Araxá e com os sucessos desde janeiro já é o melhor do país na categoria sub-30

Natan em ação numa das provas do ano; ciclista tem 100 pontos no ranking BR
O NORTE-MINEIRO Natan Fonseca aparece como um dos principais destaques do Estado neste início de temporada de competições oficiais do Mountain Bike. Depois de vencer a 1ª etapa da Taça Brasil, em Campo Largo/PR, e o 20º “Intercity” de Onça do Pitangui, ambos na faixa etária Sub-30, o atleta de Mirabela chegou à liderança do ranking nacional da categoria com a vitória do último final de semana na etapa de abertura da Copa Internacional de Mountain Bike (CIM).

A PROVA foi realizada em Araxá e Natan foi campeão com o tempo de uma hora, 19 segundos e 25 segundos, após 20 KM de disputa – quatro voltas no circuito de 5 quilômetros. Ele foi líder do início ao fim. “Estou muito emocionado pela conquista. Disputo a Copa Internacional há oito anos e esta foi a minha primeira vitória”, resumiu. A etapa Araxá teve 1,5 mil inscritos, num circuito considerado muito técnico por reunir praticamente todos os tipos de obstáculos.

100 PONTOS

“ESTOU MUITO feliz. Neste ano, estou invicto em meu cronograma de prova; e justamente nas três que somam ponto para ranking nacional. De quebra, já tenho mais de 100 pontos no ranking nacional neste momento”, revelou Natan, em conversa com a VENETA.

Natan Fonseca (E) ao lado do amigo Antonio Maynart
“COMEMORO AINDA mais por que posso representar tão bem a nossa região. É uma honra tudo isso”, completou. O ciclista foi fruto de uma série de fatores, a começar pela concentração desde o alinhamento e o foco para minimizar os erros. “Estava focado em fazer uma prova limpa e consegui corresponder muito bem ao meu planejamento”, completou Natan, que integra a equipe da Associação Norte-mineira de Ciclismo (ANMIC).

QUANDO VENCEU a prova em Campo Largo, em janeiro, Natan começou o ano em terceiro lugar no ranking brasileiro de sua categoria e com a pontuação em Araxá alcançou a ponta. “Retribuo a todos que me ajudaram a evoluir, amadurecer e vencer”, pontuou o ciclista de Mirabela.

José Luiz teve problemas na bike
O NORTE de Minas alcançou mais um pódio em Araxá, com Cleiton Duarte (Montes Claros), 10º colocado na categoria Segurança Pública – ele é agente penitenciário. Marden Versiani (MOC) foi o 13º no quadro Sub-55 e as irmãs Simone e Josiane Reis foram as 17ª e 19ª colocadas na categoria Amador Feminino Sub-40.

JOSÉ LUIZ

GRANDE NOME do MtB norte-mineiro no ano passado, inclusive como campeão brasileiro master por equipe 30-34 anos, José Luiz Oliveira Franco teve problemas com a bicicleta em Araxá, mas ainda assim conseguiu terminar a prova na 22ª posição da categoria Sub-35. (Fotos: arquivos pessoais)
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: