Dúvidas exigem superação ainda maior

DE TÉCNICO novo, Montes Claros recebe o CAP e Didi Ferreira só vai definir o time momentos antes do jogo

SUPERAÇÃO E mistério. Uma combinação das duas coisas dita o momento do Montes Claros Futebol Clube para o jogo desta quarta-feira, às 19 horas, pela rodada de fechamento do turno da primeira fase do Campeonato Mineiro do Módulo II. Na quinta colocação com apenas três pontos, o time recebe o vice-líder Clube Atlético Portal (7 pontos), de Uberlândia, no Estádio José Maria Melo. Há pouco mais de 48 horas no comando, o técnico Didi Ferreira espera que o grupo se esforce ao máximo em busca da primeira vitória. Teve apenas uma tarde para treinar o time. Além disso, nem pôde adiantar o “onze titular” por causa do excesso de contundidos.

O TREINADOR revelou que pretendia escalar o maior número possível de jogadores que trabalharam com ele na temporada passada no próprio Bicho, mas não será possível. O meia atacante Rômulo está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e cumprirá a suspensão automática. Além dele, está fora dos planos o atacante Vinícius Nogueira, que acertou a sua volta ao clube somente nessa segunda-feira e não pôde ser regularizado em tempo.

DAS CARAS novas para Didi, pelo menos cinco deles estão fora dos planos por contusão: o lateral Aurélio, o meia atacante Paulinho Belém, o zagueiro Rodolfo, o atacante Da Silva e, por último, o goleiro Alex, que se contundiu no treino tático de ontem à tarde.

OBSERVAÇÕES E CONVERSAS

PARA COMPENSAR o pouco tempo de convívio, Didi vai recorrer às observações que fez como torcedor, já que acompanhou os dois jogos do Montes Claros em casa contra Tricordiano (1x1) e Uberlândia (1x2). Além disso, tem conversado bastante com o auxiliar técnico Marlon Araújo, que foi mantido na comissão após as saídas de Allan Kardeck (técnico) e Wagner Meira (preparador físico).

“O TIME está numa situação delicada e vai ter que buscar a vitória a qualquer custo, mas ainda não sabemos quem realmente está disponível para começar jogando. Vamos avaliar cada caso até momentos antes de entrar em campo para definir os titulares”, considerou o novo treinador em conversa com a VENETA, ao final do treino de ontem.

UM DOS mais experientes do grupo, o zagueiro Santana acredita que o time possa reagir mesmo com a série de contratempos. “Vamos jogar em casa e isto por si só deve ser visto como motivação”, abreviou o defensor.

O PROVÁVEL time do Montes Claros não deve fugir disto: Gabriel; Fayllon, Santana, Douglas Henrique e Rafael Bill; Wagner Gaúcho, Aurélio, Renilton e Diogo Brasília; Índio e Daniel. Jerfeson Antônio da Costa será o árbitro. Ao ingressos custam R$ 10,00 (R$ 5 meia).
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: