Didi evita lamentos

MAS NOVO técnico só acredita em bom rendimento do Montes Claros quando a vitória vier

Sorriso nervoso em entrevista; Didi disse
que só a 1ª vitória vai acalmar o ambiente
DIDI TEVE apenas um treino tático à tarde na terça para definir o time do Montes Claros FC que enfrentou e empatou em 0x0 com o CAP. Ele viu um time que brigou enquanto aguentou. “O tempo foi curto, mas não me vejo como vítima. Aceitei o cargo e tenho é que trabalhar. A gente precisa treinar mais, ter repetição em algumas jogadas para acertar o passe e o domínio de bola. Oportunidade tivemos, mas não conseguimos finalizar como deveríamos”, analisou o novo técnico.

SOBRE O time que vai lançar na rodada seguinte, ele deixa claro que a avaliação física e a conversa com os atletas serão determinantes. “Confesso que não vi nada de alguns atletas que aparecem como opção. A princípio, estou pensando em mudar muito pouco, mas a confiança precisa ainda maior”, finalizou, deixando a entender que vai cobrar mais chutes a média distância.

NO ANO passado, sob o comando de Didi, o MCFC fez 87% dos pontos da primeira fase e com vitórias como visitante – fará três jogos no returno como visitante. Por isso, ele acredita que possa reagir, até porque haverá confrontos diretos. “Vou afirmar que as coisas melhoraram de um jogo para o outro só quando vierem os três pontos”, disse.

Rômulo vai retomar a camisa 10 no jogo deste sábado, de novo contra o CAP
MESMO RECUPERADOS de contusão, o zagueiro Rodolfo e o meia Paulinho Belém ainda não entram nos planos para a jornada dupla em Uberlândia. E o atacante Kevin Riascos, colombiano de 21 anos, teve o nome publicado no BID desde o dia 24/2, mas a CBF ainda espera pela confirmação de sua situação de trabalho para o Brasil.

O MEIA Rômulo, que cumpriu a automática pelo terceiro cartão amarelo, já foi confirmado pelo treinador como um dos titulares para este sábado. E o atacante Vinícius Nogueira, a última contratação do clube até aqui, foi relacionado para a delegação que segue viagem nesta sexta, às 7 horas. (Fotos: Alex Sezko)
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: