Montes Claros "Bicho" anuncia pacotão vindo do Funorte

OITO ATLETAS que estavam nos planos do Formigão viram reforços para o Bicho no Mineiro do Módulo II

Rodrigo Sena é uma das novidades vindas do Funorte para reforçar o Bicho
O MONTES Claros Futebol Clube terá ajuda do Funorte na disputa do Mineiro da Segunda Divisão. Ao final da manhã dessa terça-feira, o presidente Ville Mocellin e o supervisor do FEC, Odair Borges, acertaram durante um almoço a cessão de oito jogadores do Tricolor Universitário para o elenco do Bicho na disputa do Mineiro da Segundona Mineira. Alguns pontos do acordo ainda estão em aberto, mas provavelmente os clubes podem dividir as despesas com os salários, já que o FEC pretende aproveitar a base deste grupo do MCFC para disputar a Segunda Divisão, a partir de julho.

DOS OITO atletas, apenas um tem contrato com o Formigão. Os demais estavam apenas apalavrados com o Funorte para um novo contrato nesta temporada. Deles, sete já vestiram a camisa azul e preta e treinaram na tarde de ontem no campo da Unimontes: o atacante Léo Andrade, os zagueiros Rodolfo e Rodrigo Sena, os meias Renilton e Paulinho Belém e os laterais Ronaldo (esquerdo) e Juninho (direito). O goleiro Alex João se apresentará nas próximas horas.

Léo Andrade já treinou nessa terça
O ZAGUEIRO Rodrigo Sena vai jogar pelo Montes Claros pela primeira vez e se diz satisfeito pela permanência na cidade. Diante do impasse sobre o futuro do Funorte, ele chegou a ser sondado pelo Tricordiano e pelo CAP, mas como a família reside em Teófilo Otoni preferiu aceitar a proposta da parceria com o Bicho e ficar no Norte de Minas. “Estou adaptado à cidade e como há possibilidade de permanecer por aqui durante um ano espero que minha família possa vir para cá”, disse.

O LATERAL Ronaldo seria novidade no Funorte e também chega ao Montes Claros para o Módulo II. O jogador já passou pela Caldense, Araxá, Mirassol, Valério e Tricordiano e achou curioso o fato de ter acertado com um clube da cidade e jogar pelo outro. “Muito bom que a parceria tenha acontecido. Percebi que o Montes Claros buscava jogadores mais experientes e podemos ajudar de alguma forma”, comentou à VENETA.

DESISTIU?

MESMO COM este esboço de desmanche (o grupo vinha treinando desde o dia 4/01), o Funorte ainda tenta ser incluso no Módulo II, mas já tropeçou na primeira tentativa diante do veto da FMF em aceitá-lo no lugar do desistente Nacional EC. Em resolução publicada há 10 dias, a presidência e os departamentos jurídico e de futebol decidiram não colocar uma nova equipe.

E NA última semana, o clube chegou a apresentar uma medida ao Tribunal de Justiça Desportiva da FMF. O TJD vai analisar a decisão da presidência. O FEC quer que o pedido seja analisado mais uma vez, o que deve acontecer ainda na semana que vem. O Formigão entende que a Federação deveria utilizar o critério técnico para dar o acesso a mais um clube e manter o Módulo II com 12 equipes.


NO ANO passado, subiram da Segundona o Nacional de Muriaé e o Clube Atlético Portal (CAP), de Uberlândia. O Funorte foi o terceiro colocado. O diretor executivo do FEC, Cristiano Júnior, adiantou que daria uma mão ao Bicho com a cessão de atletas, mas somente depois de esgotadas as possibilidades de disputar o Módulo II. (Fotos: Ch Jil vann)
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: