SESI/SP é a primeira pedreira para o Montes Claros Vôlei na Superliga

SE FOR mantida a média de público do Mineiro, duas mil pessoas devem ir ao Poliesportivo Tancredo Neves esta noite

O Montes Claros estreia em casa contra o Sesi/SP, atual vice-campeão da SL
A SUPERLIGA Nacional começa nesta quarta-feira para o Montes Claros Vôlei. Reformulado por completo, o time recebe o Sesi/SP, às 19h30, no Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves. O adversário foi o vice-campeão da temporada passada e vem ao Norte de Minas com uma base que fez parte da Seleção Brasileira na Liga Mundial e no Campeonato Mundial: Murilo, Lucão, Lucarelli e Serginho.

OS INGRESSOS custam R$ 5,00 e a casa cheia é uma aposta do MC Vôlei para fazer a diferença. Se mantiver a média de público registrada nos três jogos que fez em casa pelo Campeonato Mineiro, o time terá cerca de 2 mil pessoas a seu favor.

REVOLUÇÃO

O TIME montes-clarense da última Superliga, que realizou a pior campanha e atravessou sérios problemas financeiros, não existe mais. Graças a um trabalho de bastidor, foi mantido na elite do vôlei nacional e ganhou suporte de três patrocinadores masters (Funorte, Jornal O Tempo e Supermercados BH) – além de outros parceiros de logística (Academia Unic, Sollaris Tansporte, Gol Linhas Aéreas e Santa Casa Saúde).

ÍDOLOS DO primeiro time profissional que a cidade teve foram contratados (Tiago Salsa, Ezinho, Rodriguinho e Acácio), assim como jovens valores (Túlio, Ygor Ceará, Índio, Gian e o argentino Cristian Poglajen).

MAS A transição ainda não rendeu bons resultados e diante da campanha irregular no Campeonato Mineiro (apenas o quarto colocado), o comando técnico mudou: saiu Carlos Schwanke e entrou Marcelinho Ramos.

ALÉM DO time-base de vários anos, o Sesi chega com um ritmo de jogo bem mais intenso. No sábado, por exemplo, estava disputando as finais do Paulista (perdeu o título para o Taubaté). Para desbancar o favoritismo do rival, o MC Vôlei intensificou os treinos nos últimos dez dias, inclusive no domingo, geralmente folga para o grupo. Aparentemente, todos os jogadores estão à disposição.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: