Funorte começa bem no Hexagonal

RÔMULO E Peu, um em cada tempo, marcaram para o Formigão; mesmo com um a menos por 20 minutos, time consegue segurar o Valério

Por contusão, lateral direito Juninho teve que ser substituído no intervalo
O FUNORTE começou muito bem a campanha na fase final em busca do acesso para o Módulo II de 2015. Na tarde/noite de sábado, venceu o Valério Doce por 2 a 1, no Estádio José Maria Melo, em jogo válido pela 1ª rodada do Hexagonal do Campeonato Mineiro da 2ª Divisão. No sábado que vem, o time vai a Sete Lagoas para enfrentar o Betinense na Arena do Jacaré.

O MEIA Rômulo, aos 41’ do 1º tempo, e o lateral esquerdo Peu, aos 16’ da etapa final, fizeram os gols do Tricolor Universitário. O gol do VEC foi marcado aos 17’ do 2º tempo pelo volante Rodrigo Caixote e pôs fim a uma invencibilidade de 502 minutos do goleiro Alexandre Villa.

O PÚBLICO pagante foi de apenas 207 pessoas. O resultado coloca o Formigão na ponta ao lado do Portal/Uberlândia, que também venceu no sábado (2x1 Betinense). No complemento da rodada, nesta segunda-feira, o Nacional/Muriaé venceu o Uberaba por 1 a 0, em casa. FEC e CAP lideram graças ao número de gols marcados.

EMBORA SEJA de Itabira, o time visitante veio com certa identidade com a cidade, já que quatro jogadores atuaram pelo próprio Formigão ou pelo Montes Claros Futebol Clube, assim como o técnico Paulo César Alencar, que trabalhou nos dois clubes.

DURO

Rômulo e Ciro comemoram o primeiro gol do Funorte
A RIGIDEZ do árbitro Ronei Cândido Alves na marcação de faltas e na aplicação dos cartões não agradou a nenhum dos lados. Foram 26 faltas de cada time anotadas pelo juiz, que aplicou 12 advertências, além de expulsar o atacante Peri, que colocou a mão na bola num lance de ataque. Pela segunda vez na competição, o FEC teve que terminar a partida com um jogador a menos, o que deixou os 20 minutos finais bem tensos diante da vantagem mínima no placar.

FUNORTE E Valério chegaram a marcar um gol cada nos primeiros 15 minutos de jogo, mas foram corretamente anulados por impedimento. O primeiro gol do FEC veio numa cobrança de falta de Cesinha, do lado direito. Ele cruzou a bola na cabeça de Rômulo, que subiu sozinho e abriu o placar. Na etapa final, após receber uma bola de Peri, Peu chutou de primeira, na entrada da área, e acertou o ângulo do experiente Fábio Noronha.

JÁ O gol do Valério teve um misto de sorte e competência. Caixote, ex-jogador do Montes Claros, arriscou o chute quase do meio de campo numa bola dividida com o meia Rafinha e acertou o ângulo de Villa.

FICHA TÉCNICA:

FUNORTE: Alexandre Villa; Juninho (Rafinha depois Felipe China), Ciro Luís, Ícaro Baiano e Peu; Anderson Toto, Léo Baiano, Cesinha, Rômulo (Flávio Torres); Peri e Léo Andrade. VALÉRIO: Fábio Noronha; Fayllon (Mauricinho), Santana, Diego Rosa e Alegrete (Léo Carioca); Caixote, Max Carrasco, Gabriel Cerezo (Michel Douglas) e Lineker; Da Silva e Amilton. Cartões amarelos: Diego Rosa, Cerezo, Lineker, Amilton e Da Silva (VAL); e Peri, Peu, Juninho, Villa, Toto e Rômulo. Cartão vermelho: Peri.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: