MOC Vôlei assume trabalho em apoio aos autistas

ALIMENTOS DOADOS por torcedores são repassados à entidade regional, também parceira na venda de ingressos

OS ATLETAS e comissão técnica do Montes Claros Vôlei incrementaram a agenda de trabalho neste início de semana. Em meio aos treinos preparatórios para o jogo contra a UFJF, domingo que vem, pela 3ª rodada do Campeonato Mineiro, o grupo pode atender a mais um compromisso social – e que teve a participação direta da torcida. Aproximadamente 170 quilos de alimentos foram entregues à Associação Norte-mineira de Apoio ao Autista (ANDA), com sede na cidade.

OS MANTIMENTOS foram doados pelos torcedores no último dia 6, no acesso para o jogo Minas Tênis 3x0 Montes Claros, no Ginásio Poliesportivo Tancredo Neves, pela 2ª rodada do Mineiro. O clube arrecadou quase uma tonelada de alimentos, que foi dividida entre algumas das entidades assistenciais da cidade.

A ANDA foi a primeira a ser visitada. Além dos alimentos, a Associação foi credenciada como parceira na venda dos ingressos para jogos do Campeonato Mineiro e da Superliga. Do total que for adquirido pela torcida, 50% da renda será revertida à entidade.

RIFAS

OUTRA CAMPANHA de apoio aos autistas está na rifa beneficente cujos prêmios serão camisas de times como Atlético, Montes Claros FC, Cruzeiro, América, Seleção Brasileira, Funorte e agora do Montes Claros Vôlei. O clube repassou à entidade uma camisa autografada por todos os atletas e comissão técnica.

SEM FINS lucrativos, a ANDA funciona desde 2009, com assistência a crianças e jovens autistas entre 3 e 21 anos – além de orientações e apoio aos seus responsáveis. Atualmente, há 65 famílias cadastradas de dezenas de cidades da região. As ações contemplam a assistência social, saúde e educação, com foco no tratamento multidisciplinar.

SUPERVISOR DO MOC Vôlei, William do Prado disse ao JN que o compromisso do clube vai além do esporte, ao incentivar e promover a solidariedade. “Esta é uma causa que assumimos com muito orgulho, graças, sobretudo, à torcida que nos estendeu a mão”, disse.

DURANTE A visita, o levantador e capitão Rodrigo Leme, o Rodriguinho, pode conhecer o projeto para finalizar a construção de sua sede (Rua Rodrigo Costa, 321, Canelas II). Uma vez estruturada, passará a funcionar como o Centro de Referência em Autismo.

DIRETOR DA ANDA, Wander Lúcio Cardoso destacou que os alimentos doados serão entregues para as famílias carentes cadastradas na instituição.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: