Palavra do técnico Schwanke

Técnico Carlos Schwanke
AOS 40 anos, o técnico Carlos Schwanke chega ao Montes Claros Vôlei para a primeira experiência como técnico no Brasil. Depois de três anos como auxiliar de Marcos Pacheco no Cimed (SC), ele trabalhou como treinador na Suíça (1 ano) e Arábia Saudita (2 anos). Mesmo em países sem tradição no voleibol, segundo ele, a experiência foi extremamente válida: “um técnico precisa passar por todos os estágios e foi o que eu busquei”.

CATARINENSE DE nascimento, Schwanke vê o vôlei mineiro de maneira diferenciada. Ele começou como atleta profissional no Minas, onde passou quatro anos, e depois atuou por duas temporadas pelo Três Corações. Agora, tem a chance de ser técnico pela primeira vez na Superliga por um clube norte-mineiro.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: