Contratempos e equilíbrio na prova local do Norte-mineiro de Enduro

SOL FORTE e clima seco, algumas “pegadinhas” em novas trilhas na mata e os tradicionais “balaios”. Os contratempos não foram poucos na prova válida pelas 5ª e 6ª etapas do Campeonato Norte Mineiro de Enduro, que aconteceu no sábado e reuniu quase 50 pilotos, como parte da programação esportiva pelos 157 anos de Montes Claros.

O PERCURSO teve 130 quilômetros, com pouco mais de seis horas de duração e o destaque foi para o montes-clarense Fred Alvarenga, da categoria Sênior, único a vencer as duas etapas (50 pontos). Com o resultado, ele saltou da 13ª para a 7ª posição na classificação geral.

O REGIONAL teve três provas até aqui: Januária, Janaúba e Montes Claros. Os resultados funcionam assim: uma etapa equivale ao trecho entre a largada até o neutral (pausa para descanso e revisão das motos), com classificação específica. E para a segunda metade, abre-se uma nova pontuação (outra etapa).

ALÉM DE Fred, mais três desempenhos que mereceram atenção ao final do Enduro: Bruno Barreto (Novatos), Marcelo Souto (Júnior) e Thales Henrique (Júnior) que conseguiram uma vitória e um segundo lugar ao final da prova. Perto deles esteve Juninho Galego, que obteve um 2º e um 3º lugar entre os pilotos da Sênior.

O CURIOSO é, por causa do desempenho idêntico, o desempate entre Souto (Januária) e Thales (Porteirinha) levou em conta as posições finais da 6ª etapa, como prevê o regulamento. Thales venceu justamente a última etapa e por isso foi o primeiro na prova geral. (com informações de Janjão Santiago).
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: