Skate volta com três medalhas de Beagá

MINEIRO STREET – Na prova considerada a mais dura até aqui, foram um 4º lugar e dois quintos lugares

Os meninos disputaram as categorias Amador I e II em BH
 NA ETAPA considerada a mais complicada até aqui, não apenas pela quantidade de competidores e sim pela tradição que BH tem skate (havia gente de outros estados e até do exterior), os montes-clarenses voltaram a se destacar no Campeonato Mineiro Street. A disputa aconteceu no sábado e no domingo, no Parque das Mangabeiras, com 50 skatistas em cada categoria (Amador I e II, Feminino e Mirim).

PARA OS homens, essa foi a terceira etapa; até o final do ano serão mais cinco. Já para as meninas está foi a segunda prova. O calendário feminino será um pouco menor, com cinco etapas.

PEDRO WANDERLEY, o “Pão de Queijo”, conquistou a quarta colocação na Amador II, enquanto Roberto Caldeira, o Beto, foi o quinto na mesma categoria. Entre as mulheres, Camila Rocha também alcançou o pódio com a quinta colocação geral. Os três ressaltaram o elevado nível técnico.

Camila Rocha durante premiação
NO SKATE, os dez melhores das baterias classificatórias disputam a final e todos vão ao pódio. Até o final desta semana, a Federação Mineira de Esportes Radicais divulgará a classificação atualizada no ranking estadual com a somatória das três etapas realizadas até aqui.

Dessa vez, não

LEONARDO FRANÇA, o Léo Kaoi, que havia sido o melhor da cidade na prova de abertura, completou a segunda etapa sem chegar às finais da Amador I - último degrau para o profissionalismo no skate. “Por incrível que pareça, acho que andei mais nessa prova de BH, mas o nível estava mais alto”, disse Léo. Ângelo Luiz e Harrrison Maurílio foram outros montes-clarenses na prova (categoria Amador II)

A PROVA teve até competidores do exterior (Argentina). Pela 3ª vez seguida, como havia acontecido nas viagens para Contagem e Divinópolis, a equipe local teve o patrocínio da empresa AP & L Fundações e Geotecnia.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: