Eddiê chega ao Funorte pela 5ª vez

MESMO COM tanto tempo de casa, zagueiro não acredita em vaga cativa

Nascido em Montes Claros, Eddiê chega ao FEC pela 5ª vez
COM DOIS títulos e acessos consecutivos no Módulo II pelos rivais de Patos de Minas URT e Mamoré, Eddiê chega para a quinta passagem pelo Formigão. “Sempre é bom voltar para casa”, disse o experiente zagueiro. Sua família é de Montes Claros e isso interferiu em sua escolha. “Recebi propostas de outros clubes até com a oferta de uma casa toda montada, mas já estava há quatro meses fora. Agora vou ficar mais próximo de minha esposa e do meu filho”, completou.

NAS OUTRAS campanhas pelo Funorte, Eddiê sempre foi o capitão. Mesmo como este histórico, não se vê com vaga cativa no time titular. “Vou ter que trabalhar sério como qualquer um e buscar o espaço dentro dos treinamentos. A concorrência está em aberto e todos têm qualidade para ser titular”, analisou.

"CONCORRENTES"


A REFERÊNCIA diz respeito às demais contratações para o setor. Para a zaga, o Funorte trouxe ainda Rodrigo Sena (ex-Democrata/GV, América de Teófilo Otoni e Valério), Ícaro Baiano (ex-Valério e São José/SP) e Ciro, que também foi campeão do Módulo II pelo Mamoré. Os juniores Pierce e Wagner também serão aproveitados.

“FUTEBOL É momento. O jogador tem que estar bem dentro e fora de campo. Por isso não acredito que alguém possa ser titular absoluto sem ao menos jogar. Além disso, a Segunda Divisão é uma competição muito dura: viagens, contusões, calendário apertado. A rotatividade será inevitável”, finalizou Eddiê.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: