Vasco e Mackenzie abrem o novo Amador

COM DIREITO a TV, competição começa neste sábado com 10 clubes

COM NOVA roupagem, a começar pelas transmissões e mesas redondas via TV e o concurso da musa, o Campeonato Municipal Amador começa neste sábado, com o jogo entre o Vasco do Santos Reis, atual campeão, e o Mackenzie Esporte Clube. O duelo marca, ainda, a reabertura do Estádio Rubens Durães Peres, que passou por uma reforma na estrutura de gramado, alambrado, vestiários, pinturas, banco de reserva e cabine de imprensa.

POR CAUSA do momento festivo, a coordenação optou por apenas esta partida hoje. O restante da rodada será completado no sábado que vem, com mais quatro jogos: Magalhães x Cassimiro de Abreu, Boca x Nasa, Vila Luiza x San Diego Júnior e Cruzeiro x Real Cruz Azul. Os dez times jogarão entre si e os quatro melhores, após um turno, fazem a semifinal. O ganhador fará a final.

EVENTO COM POMPAS

O AMADOR/2014 foi lançado oficialmente na noite de quinta, em evento para os dirigentes, coordenadores, imprensa e convidados no espaço Gold organizado pelos parceiros Secretaria Adjunta de Esportes e Lazer, TV Geraes e pelo coordenador José Vicente Pereira. “É um desafio, mas o esporte local merece este envolvimento coletivo. As boas ideias, com benefício coletivo, sempre terão o nosso apoio”, depôs o secretário de esportes e lazer Andrey Souza.

RESPONSÁVEL PELAS transmissões, a emissora esteve representada por seu superintendente Afonso Mendes e pelo editor Nairlan Clayton Barbosa, que fizeram a apresentação de vídeos especiais com depoimentos sobre o resgate do futebol local. E divulgaram o cronograma: na primeira fase, na qual os clubes jogarão entre si, a cada segunda-feira será exibido o VT de um dos jogos da rodada, seguida de uma mesa redonda para debate do restante da rodada. O melhor atleta em campo, na opinião da equipe de transmissão, receberá o troféu Valdir Rosquinha. O sistema prossegue nas semifinais. A decisão terá transmissão ao vivo.

“O AMADOR passou as últimas temporadas em baixa e desacreditado por causa de vários problemas de organização e financeiro. O importante agora não é apontar culpados e sim comemorar esse voto de confiança que os clubes estão recebendo. O empenho de todos passa a ser obrigação”, avaliou o presidente do Cruzeiro do Santos Reis, Idi Mendes.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: