Gabriel com a nº 1 é uma das mudanças do Bicho em Patos, hoje

COM OBRIGAÇÃO de vencer todos os jogos até o final, Bicho lança sexto time diferente neste Hexagonal; absolvido, Léo Baiano está à disposição

Gabriel será o titular no gol diante do Mamoré, na abertura do returno, hoje
A ENTRADA de Gabriel como titular no gol é a principal mudança no time do Montes Claros para a partida de abertura do returno do Hexagonal Final do Mineiro Módulo II. O Bicho enfrenta o Mamoré, às 20 horas, no Estádio Bernardo Rubinger, em Patos de Minas, em busca da primeira vitória. Aliás, mais do que isso: com apenas dois pontos até agora, o time tricolor só voltará à briga pelas duas vagas de acesso à elite de 2015 se vencer todos os cinco jogos restantes.

ASSIM COMO o restante do time, o então titular Thiago Wanderson apresentou uma queda de rendimento. Por isso, a opção por Gabriel é técnica. O goleiro de 23 anos atuou em apenas dois jogos dos 15 disputados até aqui. O Araxá foi adversário em ambos: na abertura da competição (2x1) e no fechamento da primeira fase (0x0).

NA FASE final até aqui, Didi não repetiu o time uma vez sequer por causa dos constantes problemas de contusão e suspensão. Foram cinco escalações diferentes, cenário que se mantém para hoje. Além do gol e das entrada de Santana (livre de suspensão) e Fayllon (recuperado de uma contusão no pé), mais uma modificação obrigatória: o atacante Vinícius Nogueira segue vetado.

LÉO BAIANO

Árbitro pesou na súmula, mas Léo Baiano (E) foi absolvido
A BOA notícia fica por conta da absolvição do volante Léo Baiano, que foi julgado na noite de ontem pela 4ª Comissão Disciplinar do TJD da FMF por causa da expulsão contra o Uberlândia, ainda pela 1ª rodada. Ele foi defendido pelo advogado do América, Henrique Saliba.

O RESULTADO surpreendeu a todos, até porque a comissão técnica esperava por uma pena pesada, pois Léo foi aucsado pelo árbitro Flávio Henrique Teixeira, conforme súmula, de ter empurrado outros jogadores para cima dele. O fato aconteceu após o primeiro gol do Uberlândia, aos 20’ do 1º tempo, quando o auxiliar Celso da Silva anotou impedimento, mas voltou na decisão depois de a bola entrar. Ele foi citado no artigo 258 (parágrafo 2º - inciso II - II – desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões; pena prevista de 1 a 6 jogos).

DISPUTA

DANIEL, NANDO e Índio disputam a vaga de Vinícius no comando de ataque. O técnico Didi disse que o time só será anunciado nos vestiários. Provável equipe: Gabriel; Fayllon, Santana, Vinícius Almeida e Rafael Bill; Caixote, Léo Baiano, Rômulo e Diogo Brasília; Índio e Rafael Filipe.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: