Bicho vence a primeira no Hexagonal

GOLS NO final apagaram a má atuação do time que deixou a lanterna; agenda agora tem dois jogos seguidos no Leste

VALEU PELOS três pontos. Diante de muitos erros de passe e da falta de tranqüilidade nas finalizações, o técnico Didi Ferreira resumiu desta maneira a vitória do Montes Claros FC sobre o Tricordiano, sábado à tarde, pela 7ª rodada do Hexagonal Final do Mineiro do Módulo II. O Bicho fez dois a zero, com gols ao final do segundo tempo: Daniel aos 42’ e Diogo Brasília aos 45’.

BICHO 2 A 0 - Diogo Brasília marcou o segundo gol já nos acréscimos
ESSE FOI o primeiro êxito do Tricolor nesta fase e que o ajudou a sair da lanterna. Agora com cinco pontos, o MCFC está na quinta posição. Amanhã, o time faz o primeiro dos dois jogos seguidos no Leste de Minas. Enfrenta o Democrata em Governador Valadares, às 19h30. Nos dias seguintes, permanecerá naquela região para a partida contra o rival Social, sábado, em Coronel Fabriciano.

AINDA NO sábado, mais dois jogos. O Uberlândia venceu o Social por 3 a 2, enquanto o Mamoré fez 1 a 0 sobre o Democrata. O time de Patos de Minas está bem próximo de garantir uma das duas vagas do acesso. Com 18 pontos, depende apenas de um empate nas três rodadas seguintes para voltar à Elite. O Uberlândia também depende apenas de si. Tem 16 pontos e subirá com uma vitória a mais.

COM 10, o Democrata é o único que pode ameaçá-los. Tricordiano (7), Montes Claros (5) e Social (3) completam a classificação geral.

O JOGO

Calouro também em coletivas, Daniel fez o seu primeiro gol como profissional
SOBRE A vitória diante do Tricordiano, o técnico Didi tem razão. Distantes da briga pelo acesso, os dois times estavam nitidamente desmotivados. Mesmo completo, nem de longe o time repetiu o padrão de jogo que mostrou na primeira fase. O apoio dos laterais não vingou e o meio de campo teve dificuldade na saída de bola.

DUAS MUDANÇAS no ataque que pareciam surtir efeito diante da velocidade (Índio e Daniel nos lugares de Vinícius e Rômulo) esbarraram nos erros de finalização. Valeu então pela insistência e maior posse de bola do Bicho. Diogo Brasília lançou Daniel dentro da área que chutou rasteiro de primeira no canto de Tamiazi. Três minutos depois, em jogada individual, Diogo Brasília dominou na entrada da área e chutou forte no ângulo: 2 a 0.

“FICO FELIZ por ser o meu primeiro gol como profissional. A gente merecia esta vitória por tudo que fizemos até aqui”, disse o jovem Daniel, de 18 anos.

O MCFC teve Gabriel; Fayllon, Vinícius Almeida, Santana e Rafael Bill (Diogo); Léo Baiano, Caixote, Rômulo (Daniel) e Diogo Brasília; Vinícius (Índio) e Rafael Filipe. Léo Baiano foi expulso no segundo tempo depois de receber o segundo cartão amarelo. (Fotos: Cjilvan)
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

1 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns pelo blog, Chris. Abraços

Ricardo Freitas Teresina-PI