Uberlândia é o 1º desafio na reta final

BICHO VAI ao Triângulo Mineiro na abertura do Hexagonal Final; serão 4,5 mil KM para as 5 partidas como visitante

O DEPARTAMENTO de Futebol da FMF divulgou no início da noite de ontem, a tabela do Hexagonal Final do Módulo II. O Bicho reestreia no sábado, dia 15, contra o Uberlândia, no Triângulo. Na 1ª fase, houve equilíbrio no confronto: uma vitória para cada lado pelo mesmo placar (2x1). O gerente de futebol do Montes Claros, Jota Dias, explicou ao JN que o percentual de aproveitamento da primeira fase foi o critério adotado para estabelecer a ordem dos jogos e os mandos de campo.

O MONTES Claros foi o melhor entre os seis classificados com 73,3% de aproveitamento, enquanto que o Uberlândia foi o pior (56,7%). “Com a melhor campanha geral, o nosso time ainda tem o direito de jogar em casa na última rodada, se Deus quiser com chances reais de garantir o acesso”, completou o gerente tricolor.

A SEQUÊNCIA da tabela marca dois jogos seguidos no Estádio José Maria Melo: Social, dia 19 de março e Democrata de Governador Valadares no dia 22. No dia 26, o Bicho vai a Três Corações enfrentar o Tricordiano e fechará o turno mais uma vez como mandante, no dia 29, quando receberá o Mamoré.

“ESPELHO”

O RETURNO será “espelhado”, ou seja, a ordem dos jogos será invertida. A sequência de jogos do Montes Claros será esta: Mamoré (2 de abril), Tricordiano (5/04), Democrata/GV (9/04), Social (13/04) e Uberlândia (20/04).

ALÉM DE decidir a classificação em casa, outra vantagem conquistada pelo Bicho está na eliminação de uma das viagens. “No returno, faremos uma viagem só para os jogos em Governador Valadares e Coronel Fabriciano, que são cidades próximas. Serão 900 KM a menos, além de reduzir o desgaste que os atletas sofrem na estrada”, completou.

DE QUALQUER maneira, o grupo do Montes Claros precisará de uma energia extra para a maratona de viagens: em 40 dias, percorrerá 4549 quilômetros para as cinco partidas como visitante.

REENCONTRO

NA SEGUNDA rodada, o Bicho vai encontrar seu eterno rival. Nos anos 90, o time teve o Social de Coronel Fabriciano como o grande concorrente na disputa dos títulos da Segunda Divisão (95) e Módulo II (96). Melhor para o Saci, que ficou com as duas taças.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

1 comentários:

Lucas disse...

Olá Christiano, tudo bem? Gostaria de propor uma parceria de recomendações entre nossos sites! Por favor, visite o meu portal www.Resultados.com e entre em contato! Grande abraço, Lucas.