MOC no Circuito Mineiro de Skate Street

COMPETIÇÃO VOLTA depois de dez anos e cidade terá quatro competidores; equipe busca apoio financeiro para cumprir todas as etapas

ESTÁ DE volta ao calendário do Estado o Circuito Mineiro de Skate Street. A primeira etapa acontece neste sábado (29), em Contagem, na Grande BH. Conforme o cronograma da Federação Mineira de Esportes Radicais (FMER), serão oito etapas até o final do ano. Embora não esteja no calendário, Montes Claros estará presente com quatro competidores: Léo “Kaoi” França (categoria Amador I), Pedro “Pão de Queijo Wanderley e Roberto “Beto” Caldeira, ambos na Amador II, e Ângelo Luiz (Iniciante).

Léo Kaoi competiu na última edição do Circuito, em 2004
A DISPUTA na modalidade Street ficou paralisada por dez anos e volta a partir de várias parcerias entre a FMER, prefeituras e associações regionais e locais de skatistas. Além de Contagem, as provas acontecerão em Divinópolis, Belo Horizonte, Curvelo, Uberlândia, Governador Valadares, Juiz de Fora e Nova Lima.

PISTAS

AO INVÉS da disputa numa pista já pronta, cada etapa acontecerá em um ginásio ou galpão. “É a decisão mais correta para que os skatistas da cidade sede não tenham vantagens por conhecer melhor a pista que os visitantes”, disse Léo França, que esteve na última edição do Mineiro Street, em 2004, e ficou na 5ª colocação geral na categoria Amador II.

DESSA FORMA, os obstáculos como corrimão, palco, pirâmide e “quarter pipe” são montados na véspera de cada prova, com alturas e tamanhos reguláveis.

O QUARTETO montes-clarense se mostra confiante para brigar pelos pódios ao longo da temporada, mas ainda buscam uma melhor estrutura para cumprir o calendário do início ao fim. “A gente ainda tenta acertar alguns patrocínios para custeio do transporte, alimentação e equipamentos”, acrescente Léo. De acordo com o skatista, o custo por viagem de toda a equipe gira em torno de R$ 350 a R$ 500,00 dependendo da distância. A hospedagem passa a ser uma cortesia dos skatistas das cidades-sedes.

EM CRIAÇÃO

A ALTERNATIVA poderia ser a Associação dos Skatistas de Montes Claros, mas a entidade recém-criada ainda passo pelo processo de legalização. “A Associação ainda não pode receber recursos ou mesmo nos ajudar porque ainda precisa registrar a ata de fundação e o estatuto. Se ela já estivesse em funcionamento, é bem provável que Montes Claros também teria uma etapa, mas isso deve ficar para o ano que vem”, completou Léo.

EM MEIO à espera por apoio, os quatro competidores seguem uma agenda intensa de treinos, praticamente todos os dias, na Praça Wanderley Fagundes, no Bairro Todos os Santos. São duas horas diárias durante a semana e de seis a oito horas a cada sábado e domingo.

QUEM PUDER colaborar com o projeto dos skatistas o telefone de contato é 9148-9282 (Léo Kaoi) ou pelo e-mail leomfranca@yahoo.com.br.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: