Diretoria não esconde prejuízo

Borderô MCFC x Mamoré (clique para ampliar)
ALÉM DA derrota, o Bicho amarga mais prejuízos. Com apenas 260 pagantes e uma renda abaixo de R$ 1,8 mil, o clube teve que assumir mais de R$ 7 mil com as despesas da FMF.

O CENÁRIO tem sido assim desde o início da competição com déficit variando entre R$ 5 mil e R$ 7 mil em cada jogo como mandante no Estádio José Maria Melo. Para pontuar a grave situação financeira, o clube está divulgando os borderôs de todos os jogos até aqui. Em nenhum deles a receita cobriu as despesas.

A ESPERANÇA está na aprovação de uma ajuda de custo da Prefeitura, como aconteceu na 2ª Divisão do ano passado. Para o apoio vingar, é preciso que a Câmara de Vereadores vote e aprove o projeto, que ainda não foi levado à pauta. Por causa da lei eleitoral, o prazo limite termina na próxima sexta-feira
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: