Derrota e muita bronca na estreia no Hexagonal

MONTES CLAROS reclama de auxiliar que voltou em decisão e confirmou o 1º gol do Uberlândia em lance de impedimento

NA BRONCA com a arbitragem, o Montes Claros FC estreou com derrota no Hexagonal Final do Módulo II do Campeonato Mineiro. Foi superado pelo Uberlândia por dois a zero, sábado à tarde, no Parque do Sabiá. Os gols saíram no segundo tempo, com Bruno Henrique (20’) e Assis (26’).

NO LANCE do gol que abriu o placar, o auxiliar Celso Luiz da Silva anotou impedimento após a cobrança de falta e a defesa tricolor parou. Segundos depois, o bandeirinha voltou na decisão e o árbitro Flávio Henrique Teixeira validou o gol. Por causa da polêmica, a partida ficou paralisada por cinco minutos. Por reclamação, o meia Léo Baiano foi expulso. Na súmula, divulgada ontem, o árbitro o acusou de agressão.

MESMO COM a confusão, a diretoria do MCFC se posicionou indiferente sobre a possibilidade de fazer alguma representação na FMF contra o auxiliar. A preocupação maior está na defesa do jogador do TJD e, por isso, o clube espera ter acesso à filmagem completa das quatro emissoras que cobriam a partida.

NA MANHÃ de domingo, mais dois jogos fecharam a primeira rodada da fase final do Módulo II. Em Coronel Fabriciano, o Social vencia o Democrata/GV por um a zero até os 46’ do 2º tempo, mas sofreu o gol de empate e conquistou apenas um ponto como mandante. 

O MAMORÉ fez melhor. Mesmo como visitante, derrotou o Tricordiano por 3 a 1 e empata com o Uberlândia na pontuação. Mas por causa do número de gols marcados, o Sapo lidera o Hexagonal Final.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: