Bicho vence a Patrocinense fora e lidera isolado

COM GOLS de zagueiros, MCFC é o único com 100% de aproveitamento na Chave B; Didi já adianta: "o time agora é o mais visado"

Ralph fez o segundo gol em jogada ensaiada, aos 43' do primeiro tempo
MESMO COM a dificuldade de jogar diante da torcida adversária, o Montes Claros FC teve a tranquilidade necessária para garantir a segunda vitória consecutiva no Campeonato Mineiro do Módulo II. Nessa quarta-feira, fez dois a um sobre a Sociedade Esportiva Patrocinense (SEP), em pleno Estádio Júlio de Aguiar, em Patrocínio, em jogo da 2ª rodada da competição. Agora, com a combinação dos placares do meio de semana, o Bicho agora é líder isolado do grupo com três pontos a mais que os concorrentes mais próximos.

EM JOGADAS de bola parada, ambas em assistência do lateral Rafael Bill pela direita, os gols foram marcados pelos zagueiros Santana aos 13’, e Ralph aos 43’ do 1º tempo. Luiz Gustavo descontou para os donos da casa aos 29’ da etapa final. Ninguém foi expulso.

A PARTIDA marcou os retornos do goleiro Thiago Wanderson e do atacante Vinícius Nogueira ao time titular. O primeiro se recuperou por completo de dores no polegar direito após tratar-se de uma fratura e o outro ficou livre da suspensão de 4 jogos imposta pelo TJD. Ele cumpriu a automática e o clube reverteu as demais partidas em pena social, com a doação de cestas básicas.

MAIS EXPERIENTE em campo, o MCFC chamou a atenção pela precisão nos passes, um pouco diferente de como aconteceu na estreia diante do Ganso. Ainda pela Chave B mais dois jogos nessa quarta-feira: Araxá 3x1 Uberlândia e Mamoré 0x0 Nacional. O time de Uberaba será o próximo adversário do Montes Claros, já neste domingo, às 17 horas, no Estádio José Maria Melo.

Capitão Santana abriu o placar
"A VITÓRIA foi de suma importância porque ganhamos de um adversário que até então liderava a chave. Além disso, conseguimos marcar em jogadas que temos como um de nossos pontos fortes. A Patrocinense é um time que tem boa estatura, o que valoriza ainda mais o mérito de nossos treinamentos”, resumiu o técnico Didi Ferreira, em conversa com a VENETA logo após a vitória.

EFICIÊNCIA

“FIZEMOS UM
bom jogo. Até mais eficiente do que mostramos na estreia. Ao final, a pressão deles pelo empate foi normal por causa da diferença de apenas um gol. Não podíamos arriscar tanto. A vitória era questão de tempo e por isso recuamos, mas o time soube segurar na raça".


SOBRE A sequência do campeonato, o comandante do Bicho adiantou à VENETA: “o time tem condições de render mais, mas a gente precisa de cautela... Com duas vitórias, o Montes Claros passou a ser visado. Todo cuidado é pouco, ainda mais numa competição nivelada tecnicamente como o Módulo II vem mostrando até aqui”.

O BICHO jogou e venceu com Thiago Wanderson; Fayllon, Anderson Santana, Ralph e Rafael Bill; Rodrigo Caixote, Léo Baiano, Rômulo e Diogo Brasília (Vinícius Almeida); Vinícius Nogueira (Índio) e Rafael Filipe (Peu).

Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: