Secretaria faz plano para o futebol local

CRONOGRAMA PREVÊ até campos de grama sintética, reforma completa no João Botelho e no Estádio do Magalhães, além de troca de áreas

A SECRETARIA Municipal de Esportes e Lazer estabeleceu um cronograma específico para o futebol em 2014 e a prioridade até aqui é a garantia e manutenção dos espaços de jogos. O planejamento foi anunciado pelo secretário Andrey de Souza e passa até mesmo pela negociação por parte da prefeitura para que os campos que funcionam em terrenos particulares sejam permutados com áreas públicas de interesse dos proprietários.

Andrey Souza adiantou algumas mudanças para 2014 (foto: Veneta)
A MEDIDA atenderia, sobremaneira, ao futebol varziano. A competição foi retomada em 2013 depois de mais de oito anos de paralisação - desde 2005 -, mas com inúmeros atropelos para os atletas, que atuaram em espaços desnivelados e/ou com muita poeira. Houve jogos, por causa da indisponibilidade de campos para a rodada acontecer toda num único dia, que foram levados para a zona rural – a 30 quilômetros da área urbana.

ATÉ PISTA

UMA DAS ações acontecerá no Estádio Manoel Magalhães Filho, do Bairro Delfino Magalhães. Segundo Andrey, uma verba da ordem de R$ 500 mil será aplicada na troca do gramado e substituição dos alambrados. Ao redor do campo, será construída uma pista de "cooper".

Nem mesmo as arquibancadas do "João Botelho" foram concluídas (Heberth Halley)
PLANOS TAMBÉM para o campo do João Botelho, cuja obra do estádio municipal foi paralisada pela metade. Nem mesmo as arquibancadas foram concluídas. O espaço receberia as mesmas melhorias: campo gramado, vestiários, e alambrado. (veja vídeo sobre o estado do campo)

O SECRETÁRIO adiantou, ainda, que haveria um levantamento preliminar sobre dez espaços dentro da cidade para a criação de novos campos. Todos eles receberiam grama sintética, cujo custo de manutenção é praticamente zero. Além de competições amadoras, os projetos reuniriam escolinhas de futebol para crianças e jovens em situação de risco.

A MAIOR parte dos recursos deverá vir de convênios do município com o Ministério dos Esportes ou mesmo com o Estado.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: