No teste mais difícil, Bicho faz dois a zero na seleção de Bocaiuva

TIME RECONHECE que teve dificuldade no último passe e na marcação individual do adversário

Índio marcou o primeiro dos dois gols contra a seleção de Bocaiuva
VITÓRIA NO teste final para a disputa do Módulo II. No domingo, o Montes Claros FC foi a Bocaiuva e venceu a seleção amadora local por dois a zero, no terceiro e último jogo-treino antes da estreia contra o Araxá Esporte, dia dois de fevereiro, no Estádio José Maria Melo. Os gols foram marcados pelo atacante Índio e pelo meia Peu, aos 39’ do 1º tempo e aos 36’ da etapa final. O técnico Didi Ferreira utilizou 18 jogadores, mas o time que lançou desde o início contou com os atletas mais experientes do grupo.

“SEM DÚVIDA, esse foi o teste mais complicado [Bocaiuva], até porque o adversário, além de marcar mais forte, arriscou mais em nosso campo de defesa. Conseguimos rodar bem a bola, mas ainda precisamos ajustar o passe final para criar mais chances de gol”, resumiu o meia Diogo Brasília. Ele esteve no Funorte ano passado e chega ao Tricolor como uma das quatro contratações da temporada.

Físico

AUTOR DE um dos gols, Peu entrou no intervalo e gostou do teste principalmente para melhorar o condicionamento físico. “Comecei duas semanas depois do restante do grupo e ainda fiz um gol. Temos mais uma semana para acertar um ou outro detalhe e estrear bem contra o Araxá”, disse o meia.

Tabela entre Rafael Filipe e Rafael Bill; time teve dificuldade com o último passe
O TIME foi este Gabriel; Fayllon, Ralph (Vinícius Almeida), Santana e Rafael Bill; Caixote (Diogo), Léo Mineiro (Mateus Gaúcho), Rômulo (Emerson) e Diogo Brasília (Peu); Índio (Daniel) e Rafael Filipe (Nandinho).

NA PRÉ-temporada, durante duas semanas, o Bicho venceu o Vasco de Francisco Sá (2x0), o Grêmio de Glaucilândia (3x0) e a Seleção de Bocaiuva (2x0). Rômulo foi o artilheiro com dois gols, seguido por Diogo Brasília, Peu, Índio, Rafael Filipe e Vinícius Nogueira – um gol cada. (fotos: De Veneta)
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: