Recordista em tie-break, MC Vôlei perde de virada

TIME CONSEGUIU equilibrar as forças contra o favorito Sesi, mas adversário foi melhor no quinto set; campanha do 1º turno não foi suficiente para a Copa Brasil

Ponteiro Bob foi um dos mais eficientes em quadra no que se refere à recepção
O NOVO Montes Claros Vôlei teve força e persistência, conseguiu uma virada no placar, mas acabou superado pelos donos da casa. No sábado, na rodada de fechamento do primeiro turno da Superliga, o time norte-mineiro perdeu para o Sesi por 3 sets a dois, em São Paulo. Foram duas horas e três minutos de jogo, um dos mais longos da temporada. O resultado o manteve na 9ª colocação, agora com 12 pontos.

OS PAULISTAS venceram o set inicial por 21 a 15. A reação do Montes Claros foi dupla: 22/20 e 21/18 no 2º e 3º sets. No seguinte, até que o MOC conseguiu igualar as forças na primeira parte, mas o Sesi reagiu na parte decisiva e venceu até com certa vantagem: 21/13. No tie-break, equilíbrio do início ao fim, mas os anfitriões tiveram maior tranqüilidade para decidir: 15 a 13. Evandro, do Sesi, foi o maior pontuador com 15 pontos. Do lado do MOC, Danilo foi o destaque com 12.

Recorde

ALIÁS, ENTRE todos os 12 participantes, o Montes Claros foi o time que mais jogou “tie-breaks” – três –, mas foi superado em todos. Como está fora do G-8 nessa primeira parte da competição, o time do Montes Claros também ficou sem a vaga na Copa Brasil, competição mata-mata paralela à Superliga que a CBV retoma após seis anos envolvendo os oito melhores times do turno.

NA CAMPANHA até aqui foram 11 jogos, com 3 vitórias e 8 derrotas, 19 sets a favor e 25 contra. A equipe local fez 824 pontos e sofreu outros 844.

O TIME montes-clarense só voltará à Superliga no penúltimo dia do ano, contra o Rio de Janeiro, na Cidade Maravilhosa. Até lá, serão dois compromissos pela decisão do Campeonato Mineiro: dia 21, contra o Vivo/Minas, às 9 horas, no Ginásio do Riacho, em Contagem. Se vencer, fará a final no dia seguinte contra o ganhador de Sada/Cruzeiro e UFJF ou, se perder, decidirá o terceiro lugar.

Debandada?

O TÉCNICO do novo Montes Claros Vôlei, Nery Júnior, foi o entrevistado do programa Momento Esportivo, nessa segunda-feira, pela TV Canal 20. Dentre os vários assuntos, voltou a destacar uma fase complicada do time no início dos trabalhos. Por muito pouco, por causa dos problemas de limitação financeira, não houve uma debandada geral pelos lados do MC Vôlei. (foto: Alexandre Arruda/CBV).
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: