Reajuste nas contas permite contratação de oposto

Edinho agora é do MC Vôlei
O EXPERIENTE oposto Edinho, de 33 anos, foi confirmado como reforço do novo Montes Claros Vôlei para o restante da Superliga Nacional. A negociação, entre contato, combinação de valores e registro, durou cerca de três semanas, mas a diretoria segurou o anúncio oficial porque o contrato não estava assinado. “O acerto verbal aconteceu de imediato, mas o anúncio sem o acordo no papel poderia despertar o interesse num concorrente. Para não correr esse risco, só poderíamos dar a informação com o contrato concretizado, o que aconteceu agora”, disse o diretor executivo Francisco de Assis Júnior, o Juninho.

SOMENTE NO último fim de semana é que Edinho (ex-Vivo Minas) foi confirmado. Ele chega para disputar a posição com Wanderson, que tem sido o titular até aqui. Aliás, ele é um dos principais pontuadores do time do Montes Claros, ao lado de Petrus.

ATÉ IMPENSÁVEL

HÁ DOIS meses, um contratação para o clube era algo impensável diante dos problemas financeiros. Segundo Juninho, foi preciso fazer um enxugamento das despesas e, a parte mais complicada: convencer os atletas a reduzir os salários que foram acertados para toda temporada, ainda quando o time se mudava de Goiás para Montes Claros.

“ERA A única solução. As despesas estavam maiores que as receitas. Foi preciso readequar todas as contas e graças ao reconhecimento de diversas pessoas conseguimos novos parceiros para tocar o trabalho adiante”, comenta. Sem citar nomes, o dirigente lembra que um dos jogadores sofreu uma redução salarial acima de 200%.

OUTRO PONTO que ajudou para a contratação do experiente oposto Edinho está na liberação de três atletas: Cris, Legran e Túlio, este último que era titular da equipe e foi jogar no Oriente Médio após receber uma proposta salarial de R$ 180 mil por temporada no Al-Gharafa, do Catar. O alívio da folha salarial é o que justifica a vinda de Edinho. Neste sábado, o time jogará em São Paulo, contra o Sesi, no fechamento do turno da Superliga Nacional.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: