FEC subirá com um empate

FORMIGÃO VENCE a Unitri e assume ponta da Segundona a uma rodada do fim; diretoria quer levar torcida para jogo decisivo contra o Naça

Luiz Eduardo tenta o 10º acesso dentro da Segundona; depende de um empate
O FUNORTE venceu pela quarta vez na fase decisiva do Mineiro da 2ª Divisão. Fez dois a zero sobre a Unitri, sábado, em Sete Lagoas, e com a combinação de resultados assumiu a liderança isolada a uma rodada do fim.

NO PRÓXIMO sábado, bastará um empate com o Nacional que o time garantirá um dos dois acessos para o Módulo II do ano que vem. Se vencer, melhor ainda: o Formigão ficará com o título pela segunda vez na história. Foi campeão em 2008, sob o comando do próprio Luiz Eduardo Lima.

PONTOS

OS GOLS foram marcados por Rafinha e Flávio Torres – um em cada tempo. O time chegou aos 15 pontos, contra 14 do Portal e 13 de Nacional e Montes Claros. Todos esses têm chance de acesso. Valério com 11 e Unitri com cinco já estão eliminados.

NO SÁBADO que vem o Funorte será mandante contra o Naça, mas com a obrigação de levar o jogo em Sete Lagoas. A explicação está no regulamento. A tabela do Hexagonal foi confeccionada em cima da classificação da primeira fase e os dois times de Montes Claros realizaram as melhores campanhas no geral. Com isso, têm o direito de fechar a competição como mandantes.

MAS COMO só há o Estádio José Maria Melo disponível, o FEC, que foi o segundo no geral, foi obrigado a procurar outro campo. No arbitral, o clube já havia apresentado a Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, como segunda opção de mando.

A REAÇÃO na hora certa, com o time saindo da terceira para a primeira colocação em quatro rodadas, teve como arrancada a vitória no clássico contra o Bicho, há duas semanas, por um a zero. E justamente depois disso, foi o MCFC que despencou.

O ATACANTE Flávio Torres recebeu o terceiro cartão amarelo e cumpre a automática na rodada final. Também estão fora o volante Maxsuel e o lateral Marcel.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: