Em ano de superações, MC Rúgbi busca o 4º lugar no Mineiro Seven's

TIME QUER fechar sua temporada de estreia em competições oficiais entre os quatro primeiros e, assim, garantir mais apoio em 2014: "seria como um título", diz dirigente/atleta

NO PRIMEIRO ano de competições oficiais, o Montes Claros Rúgbi se prepara para fechar mais um ciclo. Neste final de semana, o time viaja para Coronel Fabriciano, onde disputará a terceira e última do Campeonato Mineiro de Rúgbi Seven. Na somatória das duas primeiras etapas até aqui [Elói Mendes e Ouro Preto], o time ocupa a quinta colocação com 22 pontos.

A META é chegar ao quarto lugar nesta temporada de estreia, até porque o grupo tem encontrado dificuldades para cumprir com as despesas de viagem. Para se ter uma ideia, a ida para o Vale do Aço será em veículos próprios, já que nenhum veículo foi cedido pelo município. A busca agora é pela ajuda de custo para o combustível. 

“NO OUTRO campeonato [2ª Divisão do Mineiro de Rúgbi Union, com 15 atletas], tivemos dificuldades da mesma natureza e sobrevivemos. É nosso primeiro ano e já sabíamos que tudo seria difícil”, observa Pedro Emanuel, que divide as funções de atleta e dirigente do MC Rúgbi. Segundo ele, a rotina de treinos tem sido pesada: de dois a três trabalhos por semana. “É pesada, rapaz”, brinca.

O RÚGBI possui duas versões: o Union, com 15 atletas, no qual o MC Rúgbi disputou neste ano a 2ª Divisão em turno único e conquistou o terceiro lugar; e o Seven, com sete jogadores, que tem três turnos (ou etapas), com a divisão dos times em dois grupos.

“EM CADA turno, há um minicampeonato. Os times jogam dentro das chaves no primeiro dia e no segundo dia há o cruzamento olímpico para as quartas de final. Fizemos 7 jogos de 14 minutos nestes dois dias. Depois semifinais e a final. Há uma pontuação para cada time a partir da classificação final em cada etapa. Fica com o título quem somar mais pontos de acordo com a posição em cada uma das três etapas”, acrescenta Pedro.

COM CINCO vitórias no total, o Montes Claros tem 22 pontos e ocupa o quinto lugar entre os 11 participantes. Foi 6º na primeira etapa (10) e 5º na segunda (12). Para atingir a meta de ficar na quarta colocação geral precisa fazer seis pontos a mais que o Inconfidentes, de Ouro Preto. Campeão mineiro da 1ª Divisão, o Varginha lidera com 40 pontos.

PARCEIROS

NEM BEM está fechando o calendário 2013, o pessoal do MC Rúgbi já pensa no ano que vem. O grupo está à procura de parceiros para a manutenção do projeto, com vistas às duas competições oficiais de 2014. Entre as propostas está a disponibilidade dos uniformes e banners para a divulgação das marcas de possíveis patrocinadores ou mesmo permuta de serviços.

NESTE ANO, por exemplo, a Unic Academia disponibilizou o espaço a custo zero para os atletas, enquanto a empresa Namoita Artes Gráficas concedeu ao time os serviços de design e gráfica. A Infonorte repassou brindes, que foram rifados para levar a renda de custeio das viagens.

SEGUNDO A diretoria do clube, já há em mãos um projeto de ajuda financeira que pode ser apresentado às empresas interessadas, “inclusive com detalhes sobre a viabilidade de exposição da marca que o esporte oferece”, completa Pedro.
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: