Funorte completa 4ª partida sem vitória

TIME SAI na frente, sofre empate, mas combinação o mantém na terceira colocação

O Funorte não teve força para segurar a vantagem e cedeu o empate para o CAP
A SINA continua. O Funorte completou a quarta partida consecutiva sem vitória na fase final do Campeonato Mineiro da 2ª Divisão. Na última rodada do turno (a 5ª), chegou a sair na frente do placar, mas cedeu o empate ao Portal e deixou o campo com apenas um ponto, sábado à tarde, no Estádio José Maria Melo.

O GOL foi marcado por Flávio Torres (cabeça), aos 26’ do 1º tempo, e Robinho empatou aos 34’, ainda na etapa inicial, após rebote do goleiro Cristiano. Somente 169 pessoas pagaram ingresso. No final de semana que vem começa o returno e com a tabela invertida. O FEC visitará o Portal, sábado, em Uberlândia.

O EMPATE manteve o Formigão no terceiro lugar, agora com seis pontos. Montes Claros com nove e Nacional de Uberaba, com oito, ocupam as primeiras colocações e temporariamente são os donos das duas vagas de acesso para o Módulo II de 2014.

EMBORA TENHA feito o gol num lance de bola parada após três tentativas, a insistência do Funorte em jogadas aéreas facilitou o trabalho do goleiro visitante, que só chegou atrasado no lance do gol. No segundo tempo, com Peri no lugar de Léo Andrade, o time apostou na bola no chão e criou pelo menos três grandes chances. Numa delas, após o cruzamento pela esquerda, dois atacantes “fechavam” na área e furaram a cabeçada.

“O TIME criou muito, foi na cara do gol várias vezes, mas não teve competência para finalizar com qualidade. O empate em casa é muito ruim, principalmente porque fechamos uma série de 12 pontos com apenas 3, mas ainda assim dependemos apenas de nossos esforços para classificar”, analisou o treinador Luiz Eduardo.

FLÁVIO TORRES, que marcou seu 7º gol em sete jogos, lamentou o tropeço. “Não faltou empenho, tanto que a gente criou muitas oportunidades, mas ainda temos 15 pontos em disputa. O Funorte vai ter que buscar fora e decidir no confronto direto com os dois que estão acima na tabela”, disse o atacante. (Foto: Christiano Jilvan)
Compartilhar no Google Plus

Christiano Jilvan

Jornalista com quase 20 anos de profissão. Foi repórter e subeditor do Jornal de Notícias por mais de uma década, além de freelancer para os jornais O Globo, Folha de S. Paulo, Estadão, Estado de Minas e O Tempo. Colaborador para as TVs Geraes, Canal 20 e InterTV e Rádios Terra AM e Transamérica FM.

0 comentários: